NGC 2903: uma joia perdida no Leão – APOD

N2903C

Créditos da imagem e Copyright: Tony Hallas.

A galáxia espiral barrada NGC 2903 está apenas a cerca de 20 milhões de anos-luz de distância. Popular entre os astrónomos amadores, ela brilha na constelação boreal de primavera do Leão (em latim: Leo), perto do topo de sua cabeça. Essa parte da constelação às vezes é vista como um ponto de interrogação invertido ou como uma foice.

Uma das galáxias mais brilhantes visíveis do hemisfério norte, NGC 2903 está surpreendentemente ausente do catálogo de atracções celestes brilhantes de Charles Messier. Esta imagem colorida por um pequeno telescópio terrestre mostra os belos braços espirais da galáxia traçados por enxames de jovens estrelas azuis e regiões rosadas de nascimento de estrelas.

Também estão incluídos detalhes intrigantes do núcleo brilhante de NGC 2903, uma notável mistura de enxames velhos e jovens com imensas nuvens de poeira e gás. Na verdade, NGC 2903 exibe uma taxa excepcional de actividade de nascimento de estrelas perto de seu centro, também brilhante em faixas de rádio, infravermelho, ultravioleta e raios X. Apenas um pouco menor do que a nossa própria Via Láctea, NGC 2903 tem cerca de 80.000 anos-luz de diâmetro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.