M51: a Galáxia do Redemoinho – APOD

M51-with-12hours_AOXLumPugh1024

Créditos da imagem e Copyright: Martin Pugh.

Siga pelo cabo da Grande Concha, se afastando da concha, até chegar à última estrela brilhante do cabo. Em seguida, basta deslizar o seu telescópio um pouco ao sul e à oeste e poderás encontrar este par impressionante de galáxias em interação, o objeto 51 no famoso catálogo de Charles Messier.

Quiçá a nebulosa espiral original, a grande galáxia espiral com estrutura bem definida também é catalogada como NGC 5194. Seus braços espirais e faixas de poeira chegam claramente na frente de sua galáxia companheira (à direita), NGC 5195. As duas estão a cerca de 31 milhões de anos-luz de distância e ficam oficialmente dentro dos limites angulares da pequena constelação dos Cães de Caça (em latim: Canes Venatici).

Embora M51 pareça fraca e distorcida ao olho, imagens profundas como esta podem revelar cores marcantes e as correntes ténues de detritos ao redor da galáxia menor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.