M101: a Galáxia do Cata-vento – APOD

m101_Subaru_Hubble_Gendler

Créditos da imagem: Telescópio Subaru (NAOJ), Telescópio Espacial Hubble; Processamento e Copyright: Robert Gendler.

Por que muitas galáxias aparecem como espirais? Um exemplo impressionante é M101, mostrada acima, cuja distância relativamente próxima de cerca de 27 milhões de anos-luz permite que ela seja estudada em alguns detalhes.

Evidências observacionais indicam que uma interação gravitacional próxima com uma galáxia vizinha criou ondas de grande massa e de gás condensado que continuam a orbitar o centro desta galáxia. Estas ondas comprimem o gás existente e causam o nascimento de estrelas.

O resultado é que M101, também chamada de Galáxia do Cata-vento, tem várias regiões de nascimento de estrelas extremamente brilhantes (chamadas regiões H II) distribuídas por seus braços espirais. M101 é tão grande que sua imensa gravidade distorce galáxias menores vizinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.