Dia Nacional da Ciência: Confira 5 livros sobre a ciência no Brasil

dianacionaldaciencia

Hoje, dia 8 de julho, é comemorado no Brasil o Dia Nacional da Ciência. Apesar de ser, basicamente, a coisa mais presente em qualquer momento da vida de qualquer um (com exceção, talvez, da comunidade Amish – desculpem, não resisti), a ciência ainda é vista de maneiras conflitantes pela população em geral: embora esta mesma população se utilize o tempo inteiro da credibilidade científica, frequentemente a questiona quando a mesma ciência contradiz suas crenças pessoais. E, quando o assunto é alfabetização científica no Brasil o assunto é ainda pior, especialmente considerando cargos de autoridade, como na política.

Então, aproveitando a data, pedirei licença aos leitores do blog falantes do português, mas que não moram no Brasil, para dar 5 dicas de livros que falam especificamente sobre a ciência no país (mas isso não os impede de poder também aproveitar as dicas). Não que sejam, necessariamente, os melhores livros sobre o assunto, mas são boas portas de entrada para quem quer se aprofundar mais sobre a evolução da ciência no Brasil e a relação do setor com a política e a sociedade brasileira. Confiram:

 

veredasVeredas da Mudança na Ciência Brasileira
Aqui, Maria Caramez Carlotto analisa o processo de transformação da ciência brasileira a partir da emergência do “discurso da inovação” das décadas de 90 e 2000, com o esforço de cientistas nacionais para institucionalizar a ciência brasileira, impulsionados pela redemocratização pós-regime militar.

 

 

 

militar

O Militar e a Ciência no Brasil
Num país em que o exército sempre desempenhou papéis diversificados na história política e social, esse livro organizado por Manoel Domingos Neto serve como uma interessante compilação, reunindo estudos que mostram a relação entre o poder militar e o desenvolvimento da ciência no Brasil em diversos momentos históricos.

 

 

momentosMomentos de Ciência e Tecnologia no Brasil
Sérgio Rezende, ex-ministro de ciência e tecnologia, reúne nesse livro 70 artigos que mostram os principais caminhos, erros e acertos nos 40 anos em que esteve envolvido na história da política científica brasileira, além de analisar os desdobramentos da implantação de iniciativas para o setor.

 

 

 

recepcaodarwinismo

A Recepção do Darwinismo no Brasil
Organizado por Heloísa Maria Bertol Domingues, Magali Romero Sá e Thomas Glick, esse livro reúne diversos artigos que constroem uma linha do tempo coesa sobre como a teoria da evolução pela seleção natural foi recebida aqui no Brasil, como ela foi interpretada, estudada e inclusive distorcida e quais foram suas consequências (negativas e positivas) para o pensamento intelectual Brasileiro. Infelizmente, creio que este livro está fora de catálogo, então provavelmente você só encontrará em livrarias de usados. Mas, se encontrar, recomendo muito.

 

comissaoComissão Científica do Império: 1859-1861
Elaborada por Lorelay Cury (uma das grandes especialistas no assunto), o livro reúne artigos sobre a Comissão Científica de Exploração do Império, que colocou diversos naturalistas e outros especialistas (entre eles o poeta Gonçalves Dias) numa viagem para áreas pouco exploradas no país na primeira iniciativa totalmente nacional de catalogar a fauna e a flora das regiões mais distantes do país. Riquíssimo em documentos e imagens, é um dos meus preferidos da lista.

 

É isso aí. Alguns desses livros são relativamente baratos, outros admito que são caros, mas se você se interessa por ciência e quer saber mais sobre a relação da sociedade e/ou da política brasileira com o tema, e sobre como ele tem evoluído por aqui, estas são boas dicas para se informar.

E feliz Dia nacional da Ciência!

 

 

Obs.: A imagem no topo da postagem é uma montagem feita a partir de uma capa da Nature Biomedicine e imagem de Arquivo do MEC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.