Descoberto Primo mais Velho da Terra

Numa vídeo-conferência que terminou há minutos, a NASA anunciou a descoberta do planeta fisicamente mais semelhante à Terra até à data. O feito foi possível através de observações obtidas com o telescópio Kepler e uma armada de vários telescópios na superfície terrestre. Entretanto, há mais 11 candidatos promissores a serem estudados.

Nesta representação artística, a Terra (esquerda) e o Kepler-452b (direita) aparecem lado a lado, a distâncias semelhantes das respectivas estrelas hospedeiras, elas próprias quase idênticas. Crédito: NASA/Ames/JPL-Caltech/T. Pyle.

Nesta representação artística, a Terra (esquerda) e o Kepler-452b (direita) aparecem lado a lado, a distâncias semelhantes das respectivas estrelas hospedeiras, elas próprias quase idênticas. Crédito: NASA/Ames/JPL-Caltech/T. Pyle.

O novo planeta, designado por Kepler-452b, orbita uma estrela de tipo espectral G2V, quase idêntica ao Sol, situada a 1400 anos-luz na direcção da constelação do Cisne. Trata-se do planeta mais pequeno descoberto até à data na “zona habitável” — a região em torno de uma estrela onde poderá existir água líquida na superfície de planetas — de uma estrela tão parecida com o Sol. A estrela, com uma idade estimada em 6 mil milhões de anos, é mais velha do que o Sol, estando por isso mais evoluída; por essa razão, e apesar de ter a mesma temperatura superficial do Sol — por isso tem o mesmo tipo espectral — é 10% maior e 20% mais luminosa.

A missão Kepler descobriu 12 planetas com massa inferior a 2 Terras na zona habitável de várias estrelas (círculos azuis). O Kepler-452b é o único na zona habitável de uma estrela idêntica ao Sol, com uma temperatura superficial (eixo vertical) de 5800 Kelvin. Crédito: NASA/N. Batalha and W. Stenzel.

A missão Kepler descobriu 12 planetas com massa inferior a 2 Terras na zona habitável de várias estrelas (círculos azuis). O Kepler-452b é o único na zona habitável de uma estrela idêntica ao Sol, com uma temperatura superficial (eixo vertical) de 5800 Kelvin. Crédito: NASA/N. Batalha and W. Stenzel.

O Kepler-452b é 60% maior do que a Terra e é por isso incluído na classe de planetas designada por “Super-Terras”. Apesar da sua massa e composição serem ainda desconhecidas, com base nos dados obtidos pela missão Kepler, é muito provável que se trate um planeta constituído maioritariamente por metal e rocha. A órbita do planeta é muito parecida com a da Terra em torno do Sol: quase circular, com um ano de 385 dias terrestres e uma distância média à estrela hospedeira de 1.05 unidades astronómicas.

O artigo científico reportando esta descoberta foi aceite para publicação na revista The Astronomical Journal.

(Fonte: NASA)

6 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Samuel Junior on 24/07/2015 at 15:11
    • Responder

    Se houver vida lá, se houver, mesmo que esteja praticamente na mesma zona habitável nossa, a vida provavelmente será bem diferente daqui se a massa dele for maior. Considerando que a suposta massa maior dele não prejudique o surgimento e desenvolvimento dos primeiros seres vivos. A gravidade sendo maior pode ser um problema.

  1. Quando ouço estas noticias acesso logo o astropt para saber a verdade.

  2. Quando a mídia vem com essa história eu logo pesquiso se conhecemos a massa do exoplaneta.

    Aí descubro que a massa é desconhecida e que há apenas sensacionalismo para ganhar leitores.

  3. O interessante é terem “inventado” que ele tem um Índice de Semelhança parecido à Terra… apesar de praticamente nada saberem sobre ele 😛
    https://en.wikipedia.org/wiki/Earth_Similarity_Index#Planets_with_relatively_high_ESI

    “O que sabemos deste planeta?”
    “Sabemos que é um pouco maior que a Terra, orbita a sua estrela a uma distância similar à Terra do Sol, e a sua estrela é similar ao Sol.”
    “Então vamos dizer que ele é muito parecido com a Terra.”
    😛

  4. http://www.astropt.org/2014/01/08/descoberto-planeta-gasoso-com-a-mesma-massa-da-terra/
    http://eternosaprendizes.com/2014/04/18/david-kipping-apresenta-koi-314c-um-exoplaneta-com-a-massa-da-terra-porem-gasoso-como-netuno/
    Planeta com 60% a mais que o diâmetro terrestre… quase igual a Kepler 452b… e com a massa similar à Terra.
    No entanto, é completamente diferente da Terra 😉

  5. Ao contrário do que andam a dizer vários websites, que este planeta é outra Terra… convém lembrar o que diz o texto: massa e composição desconhecidas. E do que é conhecido… Vénus é mais parecido com a Terra… e é Vénus 😛

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.