Festival Internacional de Quadrinhos terá exposição sobre A Ciência dos Super-Heróis

f609-postface

Em novembro, Belo Horizonte sediará mais uma vez o FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos. Evento já consolidado no circuito e o maior da América Latina voltado só para quadrinhos, o FIQ, além de painéis sobre HQs, convidados internacionais e stands de produtos relacionados, traz também exposições que cruzam temas diversos com os quadrinhos.

Este ano, uma das exposições mais bacanas será “A Ciência dos super-heróis”, que trabalhou com um time interdisciplinar formado por quadrinistas e cientistas para reinterpretar alguns heróis icônicos à luz de conceitos científicos atuais, criando novas versões com maior apuro científico.

Entre o pessoal da área científica estão Luciano Queiroz (Biólogo – Mestre em Microbiologia), Cristiano Silvério (Graduando em Física), Vitor Nascimento (Biólogo – Doutorando em Fisiologia Vegetal) e Patrick Simões (Químico – Doutor em Oceanografia Química), do podcast Dragões de Garagem; e Luiz Bento (Biólogo – Doutor em Ecologia no Museu Ciência e Vida – RJ), do blog Discutindo Ecologia, e Gabriel Cunha (Biólogo – Doutor em Biologia Molecular), do blog RNAm, que fazem parte do ScienceBlogs Brasil.

Os artistas incluem Cris Bolson, Eduardo Pansica, Júlio Ferreira, Márcio Fiorito e Rodney Buchemi, que trabalham para diversas editoras do mercado americano. As cores ficarão por conta de Giovanna Guimarães. Além das novas versões, a exposição também exibirá a imagem clássica de cada personagem e informações sobre os conceitos e ideias que os nortearam.

Misturar super-heróis e ciência não é uma coisa nova; na verdade, é algo que vem de sua origem. Desde o surgimento do Superman (cuja primeira aparição, em Action Comics número 1, de 1938, incluía textos com explicações didáticas do funcionamento dos poderes do personagem, em comparação a animais da natureza que possuíam habilidades correlatas), passando por personagens dos mais diversos como Flash, Lanterna Verde, Homem-Aranha, Hulk, Homem de Ferro, Capitão América, entre outros, os autores de quadrinhos sempre se utilizaram de jargões científicos e dos conceitos em voga em cada período para incrementar o realismo fantástico de suas histórias (os personagens da Marvel, por exemplo, boa parte criados nos anos 60, tinham em geral habilidades derivadas, direta ou indiretamente, da energia nuclear ou da radiação). Uma exposição como essa só vem reforçar o flerte recorrente entre estas duas áreas, além de ser uma ótima e eficiente ferramenta para divulgação científica entre o público em geral.

hulk

O Fiq é um evento de quadrinhos bienal que acontece em Belo Horizonte (MG) e reúne os maiores artistas da indústria global e com um dos maiores números de público do planeta. Este ano, o evento acontece de 11 a 15 de Novembro na Serraria Souza Pinto. Mais informações no site oficial do evento.

2 pings

  1. […] sobre essa exposição: Texto do Rafael Rodrigues para o portal AstroPT – Festival Internacional de Quadrinhos terá exposição sobre A Ciência dos S…Texto da Luciana para o Garotas Geek – Como seriam os heróis se fossem […]

  2. […] alguns links sobre essa exposição: Texto do Rafael Rodrigues para o portal AstroPT – Festival Internacional de Quadrinhos terá exposição sobre A Ciência dos Super-Heróis Texto da Luciano para o Garotas Geek – Como seriam os heróis se fossem “cientificamente […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.