Chuva de meteoros Geminídeos sobre o Monte Paranal por Stéphane Guisard

http://apod.nasa.gov/apod/image/1512/ParanalGeminids_Guisard_1200.jpg

Geminídeos sobre o complexo VLT no Monte Paranal por Stephane Guisard (TWAN)

A partir de um ponto radiante na constelação de Gêmeos, a anual chuva de meteoros Geminídeos caiu no planeta Terra.

Na noite de 13/14 de dezembro de 2015 os Geminídeos atingiram seu pico espetacular.

A composição em destaque, capturada por Stéphane Guisard (Los Cielos de America), mostra a chuva de meteoros durante seu pico, observada em 2012.

A notável paisagem celeste coletou as adoráveis ‘estrelas cadentes’ em uma cuidadosa composição de 30 exposições, cada uma com 20 segundos de duração. Stéphane Guisard realizou esse trabalho fotografando os escuros céus do deserto chileno do Atacama sobre o Observatório no Monte Paranal do ESO (European Southern Observatory).

No primeiro plano vemos os quatro telescópios principais do VLT (Very Large Telescope), quatro Telescópios Auxiliares e o telescópio de rastreamento VLT Survey telescope, todos abertos, em atividades operacionais de observações do cosmos.

Vemos no quadro também o brilhante Júpiter (à esquerda), a constelação de Orion, (no topo, à esquerda), juntos com a luz da Via Láctea.

Os meteoros Geminídeos são escombros do asteroide ativo 3200 Phaethon, que entram na atmosfera terrestre, viajando a cerca de 22 quilômetros por segundo.

Fonte

APOD: When Gemini Sends Stars to Paranal – crédito da imagem ©: Stéphane Guisard (Los Cielos de America), TWAN

._._.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.