Casual Friday – O que são dois pontos pretos no microscópio ?

O que são dois pontos pretos no microscópio ?

Imagem daqui

Imagem daqui.

 

Uma blacktéria e um pretozoário.

 

 

Através do Centro de Ciência Viva de Lagos.

2 comentários

    • Dinis Ribeiro on 06/02/2016 at 15:43
    • Responder

    Dum ponto de vista de “Humor Negro” os dois pontos negros lembram-me moscas que tenham sido irradiadas para que fiquem estéreis…

    Nos filmes de ficção cientifica dos anos 50, ao se enfrentar uma ameaça imparável, muitas vezes recorria-se ao uso de bombas atómicas, ou da energia nuclear…

    Num outro filme, após a exposição a um “nevoeiro radioactivo” uma pessoa vai ficando cada vez mais pequena…

    E na versão inicial de “A mosca” há esta frase num cartaz antigo: “She had to kill the thing her husband had become”

    http://bmoviebffs.com/2015/03/the-fly-1958-and-the-fly-1986/

    Quem gosta dos clássicos, pode sempre reler esta inquietante história do Kafka, que terá influenciado várias obras:

    https://pt.wikipedia.org/wiki/A_Metamorfose / https://en.wikipedia.org/wiki/The_Metamorphosis

    Hoje em dia, e na realidade:

    Agência de Energia Atómica propõe tecnologias nucleares no combate ao Zika
    http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=810589

    A Agência Internacional de Energia Atómica anunciou hoje uma reunião de peritos a 22 e 23 de Fevereiro no Brasil para analisar a possibilidade de técnicas nucleares serem usadas no controlo do mosquito que transmite o Zika.

    O anúncio foi feito pelo director daquele organismo, Yukiya Amano, no final de uma visita ao México, em declarações à agência Efe em que defendeu a necessidade de atuar «rapidamente» para conter a expansão do vírus Zika na América Latina.

    «Este é um assunto muito complicado, mas a ideia é simples», afirmou, explicando que a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) possui uma tenologia chamada «Técnica do Inseto Estéril» (SIT, na sigla em inglês) e que «a ideia é aplicar radiação a mosquitos machos e libertá-los na atmosfera». Como os animais ficam estéreis, não se reproduzem.

    Por outro lado, desde 1996 que existe uma bio-fábrica de moscas no Oceano Atlântico:

    The Madeira-Med Programme was set up in 1996 in the Portuguese islands of Madeira with financial support from the European Union and the International Atomic Energy Agency (IAEA). Its aim is to control the Mediterranean fruit fly, Ceratitis capitata (Wied.), a major constraint to the tropical and subtropical fruit industry.

    The programme uses the Sterile Insect Technique (SIT) as part of a global, integrated strategy to control this pest. A bio-factory was set up in Madeira to produce around 50 million sterile flies per week

    https://analarcher.wordpress.com/projects/madeira-med/

    Mais info: https://en.wikipedia.org/wiki/Sterile_insect_technique / https://pt.wikipedia.org/wiki/T%C3%A9cnica_do_inseto_est%C3%A9ril

    Há 16 anos atrás eu tive comigo algumas destas moscas estiveram quase para conseguir alcançar a órbita da terra a bordo da estação espacial MIR.

    A ideia era contribuir para a caracterização dos efeitos das radiações espaciais sobre os seres vivos…

    Mais informação: https://en.wikipedia.org/wiki/Radiobiology

    1. Muito interessante!

      Muito obrigado pelos seus comentários!

      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.