M81 versus M82: a guerra das galáxias retratada por André van der Hoeven, Neil Fleming e Michael Van Doorn

http://apod.nasa.gov/apod/image/1602/M81vM82_AvdHoevenEtAl_1406.jpg

M81 versus M82 – créditos da imagem©: André van der Hoeven, Neil Fleming & Michael Van Doorn

Na ‘arena de combate cósmico’ temos no canto inferior esquerdo a galáxia de braços espirais azuis M81. No canto superior direito, marcada pelo gás avermelhado e pelas nuvens de poeira cósmica está a galáxia irregular M82.

Essa paisagem celestial magnífica mostra os dois mamutes galácticos atados em uma luta gravitacional, que já perdura há bilhões de anos.

A gravidade de cada galáxia afeta dramaticamente a outra a cada centena de milhões de anos, quando a interação aumenta na aproximação.

No último encontro do formidável embate cósmico, a M82 provavelmente gerou as densas ondas que se espalham em volta da M81, resultando na riqueza dos braços espirais da M81.

Em contrapartida, a M81 fomentou na M82 zonas violentas de formação estelar e nuvens de gás em colisão tão energéticas que fazem com que a galáxia brilhe fortemente no espectro dos raios-X.

A grande batalha é observada da Terra através do tênue brilho da Nebulosa do Fluxo Integrado (Integrated Flux Nebula), um complexo pouco estudado de nuvens difusas de gás e poeira dentro da nossa galáxia Via Láctea.

Depois de alguns bilhões de anos de interação, M81 e M82 se fundirão em uma só galáxia.

Fonte

APOD: Galaxy Wars: M81 versus M82 – créditos da imagem©: André van der HoevenNeil Fleming & Michael Van Doorn

._._.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.