Asteroide 2016 BA14 tem uma cauda!

cauda_asteroide_2016BA14_observatorioLowell_UnivMarylandImagens obtidas a 13 de fevereiro de 2016 mostrando uma pequena cauda no “asteroide” 2016 BA14.
Crédito: M. Kelley/S. Protopapa/Universidade de Maryland.

No próximo mês de março irão passar dois objectos invulgares a uma distância relativamente próxima da Terra. O primeiro será o cometa 252P/LINEAR, um cometa periódico da família de Júpiter com um período orbital de 5,3 anos. Este objeto é particularmente interessante porque a sua órbita sugere que deverá ter entrado, pela primeira vez, nas proximidades da órbita da Terra há apenas dois séculos e meio. O encontro ocorrerá no dia 21 de março, a uma distância aproximada de 5,3 milhões de quilómetros.

No dia seguinte será a vez do asteroide 2016 BA14 sobrevoar as nossas cabeças. Descoberto a 22 de janeiro de 2016 pelo programa Pan-STARRS, 2016 BA14 segue uma órbita surpreendentemente semelhante à do cometa 252P/LINEAR. Tendo em conta esta estranha coincidência, investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, usaram o telescópio Discovery Channel de 4,3 metros do Observatório Lowell para verificarem se este objeto não seria na verdade um cometa. O que descobriram confirmou as suspeitas. 2016 BA14 exibe, de facto, atividade cometária na sua superfície, pelo que é agora oficialmente conhecido por cometa P/2016 BA14 (PanSTARRS).

A passagem dos dois objetos merecerá a atenção de vários grupos de astrónomos e irá ser acompanhada pelo telescópio espacial Hubble e pelos radiotelescópios de Goldstone, nos Estados Unidos, e de Arecibo, em Porto Rico.

3 comentários

1 ping

  1. Bom artigo! Já há alguma estimativa para as dimensões dos dois corpos e para a magnitude que irão atingir na altura da maior aproximação?

    1. Olá Rui,

      P/2016 BA14 (PANSTARRS) tem um diâmetro estimado de 340 a 750 metros. 252P/LINEAR é provavelmente maior e deverá alcançar uma magnitude de 10,5.

        • Rui Costa on 19/02/2016 at 00:54

        Magnitude de 10,5 é capaz de ser interessante. Está ao alcance de um telescópio amador 🙂

  1. […] suas órbitas. P/2016 BA14 foi descoberto no passado dia 22 de janeiro pelo programa PanSTARRS, mas só há cerca de quatro semanas se reconheceu a sua natureza cometária. A sua órbita tem um período aproximado de 5,26 anos e é extremamente semelhante à do cometa […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.