Cometa em contraluz

cometa_67P_NavCam_Rosetta_270316O cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko visto pela sonda Rosetta, a 27 de março de 2016.
Crédito: ESA/Rosetta/NavCam.

No mês passado, a Rosetta concretizou uma incursão de cerca de 1000 km na direção oposta à do Sol, para estudar as características do ambiente que rodeia o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, agora que se encontra longe do periélio da sua órbita. A imagem de cima foi obtida quando a sonda viajava a aproximadamente 329 km de distância do cometa, e mostra os contornos dos dois lobos do núcleo envolvidos por jatos de gás partindo da sua superfície.

Na altura, o Sol iluminava o cometa a partir de um ângulo de 159º, pelo que são visíveis algumas porções da superfície na parte superior do núcleo. No lado oposto podemos observar as sombras dos dois lobos projetadas na cabeleira.

A Rosetta realizou ontem uma passagem a apenas 30 km da superfície do núcleo, completando assim esta sua aventura pelas regiões mais exteriores da cabeleira do cometa. No dia 21 de abril regressará às órbitas próximas do núcleo que tem mantido desde fevereiro passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.