O Sol em H Alfa

O Sol é a nossa estrela. Está localizada a 1 UA (150.000.000 de km) da Terra e a sua luz demora 8 minutos e 18 segundos a atingir-nos. Possui 99,86% da massa do sistema solar, no seu equador cabem aproximadamente 109 planetas Terra e desloca-se em torno do núcleo galático a cerca de 220 km/s.

Olhando para a imagem é possível notar um contraste entre o centro (mais brilhante) e o bordo (mais escuro). Este efeito é designado por Escurecimento do Limbo e deve-se ao facto de no centro do disco estarmos a olhar para temperaturas perto dos 6.000 K, enquanto que perto dos bordos vemos camadas mais superficiais que possuem temperaturas mais baixas (~4.500 K).

A maior parte da estrutura “regular” observada é a convecção, que se apresenta visível na forma de grânulos; as restantes irregularidades estão associadas à atividade solar como por exemplo as manchas solares, também visíveis quase ao centro/direita da imagem. Pode ainda observar-se filamentos e/ou proeminências, isto é: material suspenso pelo campo magnético em local acima da fotosfera, que quando observado contra o disco solar aparece como manchas mais escuras, chamando-se neste caso filamentos.

O Sol em Ha @ 2015-04-17 @ 1:59:40 gmt: AR 12327 em HD. Crédito: Fernando.

Qual a verdadeira cor do Sol? O Sol apresenta intensidade máxima de radiação na região verde do espetro eletromagnético, cerca de 500 nm). Porém não é verde. O que acontece é que o Sol emite um contínuo de radiação em todas as cores do visível e isso resulta numa cor branca. No entanto, visto da Terra, a sua cor desvia-se para o amarelo ou laranja/avermelhado perto do horizonte, devido à refração que a luz sofre por ação da atmosfera.

Plataforma “O Universo em Fotografia”.

 

3 comentários

  1. Esse efeito de escurecimento do limbo está diretamente relacionado com a ilusão ótica que temos quando afirmamos ver o pôr do Sol?

      • Ruben Barbosa on 04/08/2016 at 13:44
      • Responder

      Em complemento à resposta anterior, o que acontece é que a temperatura é máxima no centro do Sol e vai diminuindo em direção à fotosfera. Quando observamos o Sol, a parte mais exterior do disco é composta por menos camadas (profundidade) que a parte central (observado a partir de uma determinada direção). Este fenómeno é designado por escurecimento do limbo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.