Um labirinto em Titã

paisagem_carsica_Tita_RADAR_Cassini_070616Relevo cársico na superfície de Titã. Imagem de radar obtida pela sonda Cassini, a 07 de junho de 2016 (área da imagem: 140 por 120 km; resolução aproximada:400 metros/píxel).
Crédito: NASA/JPL-Caltech/ASI.

Esta imagem de radar mostra um excelente exemplo de um relevo cársico na superfície de Titã.

Localizada a sul dos terras baixas de Shangri-La, esta paisagem labiríntica é provavelmente uma região montanhosa esculpida num padrão caótico pela ação erosiva de inúmeros sistemas fluviais formados por pequenos rios de metano. Alguns destes sistemas formam vales paralelos, o que sugere que a sua direção é influenciada pela presença de outras estruturas geológicas ou pelo gradiente topográfico local.

Na Terra, as paisagens cársicas têm geralmente origem na dissolução de rochas carbonatadas (calcários, dolomitos ou mármores) pela ação de água da chuva acidificada pela incorporação de dióxido de carbono (CO2) da atmosfera ou de outros compostos provenientes do solo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.