Ago 03

Nibirénix: O Renascimento do Nibiru

x-wings-640x450

Eu quero acreditar que neste momento as pessoas riem deste tipo de assuntos. Mas o certo é que continuam a aparecer e a ter seguidores.
O Nibiru vem… e agora é mesmo mesmo mesmo mesmo mesmo mesmo mesmo a sério! E sabem porquê? Porque da outra vez era apenas mesmo mesmo mesmo mesmo mesmo mesmo e nada aconteceu.
Desta vez vai ser a 29 de Setembro de 2016. E eu que já passei por tantos… só este ano foram uns 3. O pior é que muitas das vezes a data já passou, quando fico a saber que podia ter sido o meu último dia. É frustrante! Eu tenho coisas combinadas! Eu trabalho! Tenho família! Estas coisas são para se combinar com antecedência. Mas, felizmente considero-me sortudo pois escapei a todos os fins-do-mundo ate agora.

O que está a acontecer, para escrever sobre isto novamente?
É que o Nibiru, Hercólubus, Planeta X e outros nomes, renasceu das cinzas tal como Fénix!
Podia ter dado o nome de Fénirú, mas preferi o Nibirénix para não ter tanta piada.
Podemos ver pela imagem que até tem asas e é de fogo, dependendo das manipulações que são feitas (a imagem é de uma estrela T Tauri com o código RNO 54 e que no Catálogo de Tycho é chamada de TYC 1861-1988-1).

Segundo ouvi, esta ideia vem do povo Sumério que dizia que o planeta passaria pela Terra a cada 3600 anos. Contudo, não há relatos históricos de que tivesse passado por cá na época em que a civilização Suméria estava presente.

Há 4 anos (em 2012), visualizei vídeos no YouTube com supostos avistamentos do imaginado planeta que não eram mais do que montagens muito mal feitas.
Hoje, podemos vez exactamente as mesmas montagens, igualmente mal feitas, apesar de estarmos 4 anos mais à frente.

Se quero saber se alguma coisa, perto de nós, anda a ameaçar-nos, preciso recorrer a especialistas, certo?
Então vamos a isso:

O programa NEO não encontrou qualquer objecto gigante em rota de colisão. “Mas o NEO está manipulado pelo Governo dos EUA!”, dizem.

Então vamos a organismos e governos diferentes, por exemplo, os russos. Aliás, vamos ver o que dizem as 20 agências espaciais espalhadas pelo mundo e, ainda, centenas de astrónomos amadores: Ninguém confirmou a existência desse planeta próximo a nós. Ninguém com conhecimento para olhar o céu e que tenha equipamento verificou esse objecto. Mas ele foi visto por pessoas sem equipamento e sem conhecimento. Estaremos perante um milagre selectivo de pessoas demasiado crentes em teorias demasiado voláteis? Sim!

“Mas foi descoberto um planeta! É esse mesmo!!”

Como diz este nosso post:

“Os astrónomos estudaram distúrbios gravitacionais nas órbitas de 13 objectos da Cintura de Kuiper (incluindo planetas-anões).

Através de modelos matemáticos e simulações por computador, tendo em conta as perturbações na órbita de 6 dos 13 objectos da Cintura de Kuiper, previram a existência de um planeta no sistema solar exterior a provocar essas influências gravitacionais.
A existência desse planeta também explicaria a inclinação do eixo de rotação desses 6 objectos (inclinações similares, na mesma direcção), assim como os seus planos orbitais similares e o facto das suas órbitas se cruzarem nos periélios.
Adicionalmente, também explicaria a órbita tão alongada de Sedna.
E por fim, também explicaria as órbitas perpendiculares (em relação ao plano dos planetas) de alguns objectos da Cintura de Kuiper.

O hipotético planeta deverá ter 10 vezes mais massa que a Terra e deverá ser cerca de 3 vezes maior que a Terra.
Deverá ser um planeta gasoso e gelado, do género de Neptuno, provavelmente com uma atmosfera de hidrogénio e hélio. Deverá ser assim um mini-Neptuno, ou um planeta gasoso-anão (termo sugerido pela conhecida astrónoma Sara Seager).
A sua órbita deverá estar 20 vezes mais longe do Sol do que Neptuno. Mesmo quando está mais próximo do Sol, está 7 vezes mais longe do Sol que Neptuno, 200 vezes mais distante do Sol que a Terra. Quando está mais longe, poderá ficar 1.000 vezes mais longe do Sol que a Terra.
O seu ano (tempo que leva a completar uma órbita ao redor do Sol) demora entre 10.000 e 20.000 anos terrestres.”

Uma das hipóteses para a sua existência é de que o planeta é um exoplaneta capturado pelo Sol há 4,5 mil milhões de anos, quando residia no seu aglomerado estelar. O Sol nasceu num aglomerado estelar que continha entre mil a 10 mil estrelas, muitas delas com planetas. A nossa estrela poderá ter passado próxima de outra e capturado o “planeta 9”. A probabilidade de isto acontecer situa-se entre os 0,1% (=0,0001) e os 0,2% já que a órbita é muito extrema.

Outra hipótese avança para um planeta exilado, que ter-se-á formado perto do Sol e foi sendo expulso para a periferia (este efeito é observado noutros sistemas com os chamados Júpiteres quentes, e no nosso sistema solar também poderá ter acontecido).

O Planeta 9 é responsável pelas extinções com chuva de cometas, como afirmam as maluquices da Internet?
Como, se até ao momento não existem sequer observações deste suposto planeta?

O Planeta 9 é só uma hipótese, como diz o próprio investigador principal, Mike Brown.

Ainda não se sabe se o planeta existe. Para já ninguém o detectou.
Quem o poderá detectar são os astrónomos.
Mas os Nibirutas assumem que sabem tudo sobre um planeta que nunca ninguém detectou… eles até lhe atribuem “poderes especiais na Terra”, quando nunca ninguém provou que existe.

Mas note-se: caso exista, o “planeta 9” está muito longe, sempre muito longe. Mesmo que exista, a sua órbita coloca-o sempre muito longe da Terra… ao contrário do que imaginam os Nibirutas.

32 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Sei que vc vai tirar minhas dúvidas estou nibiru a sistema mesmo e vem agora em dezembro de 2016.si vc pude mim ajudar lhe agradeço

    1. Nibiru é uma fantasia propalada por vigaristas todos os anos:
      http://www.astropt.org/2011/09/09/fantasia-planetaria-nibiru/

      Jobson, saia da frente do computador e vá até lá fora. Vê algum planeta a ocupar-lhe metade do céu? Se não vê, bloqueie os sites vigaristas que dizem que um planeta chega daqui a um mês.

      1. Obg Dr.pablo Carlos muito mais tranquilo a gora saiba que sou teu fam obg

  2. Muito obrigado Dr.carlos mim perdoar ter chamado vc de pablo sou muito famoso de fossa senhoria.tevi um slide que falou que a terra ia se transforma em uma esfera de gelo isso é verdade falando que era agora em dezembro fico muito grato por lei acompanhar muito obg

    1. O planeta Terra passa por algumas Idades do Gelo. Não se transforma numa esfera de gelo, mas é verdade que as temperaturas baixam bastante e por isso vê-se mais gelo a latitudes mais baixas: por exemplo, vê-se gelo no México, mas não no Brasil.

      A última Idade do Gelo começou há 100 mil anos e terminou completamente há cerca de 10.000 anos – o pico terá sido há cerca de 25 mil anos.
      Note que estas coisas são muito graduais…

      A próxima Idade do Gelo deveria começar daqui a poucos milhares anos (5 mil anos, por exemplo).
      No entanto, devido ao Aquecimento Global provocado pelo Homem, provavelmente ela nem existirá… ou então será bastante suave.

      Uma Idade do Gelo não se realiza num ano específico… muito menos num mês específico… muito menos em menos de centenas ou milhares de anos…

      abraços

  3. Muito obrigado sou teu fam obg msm . abraço,

    1. Carlos e verdadeiro que o mundo vai passar por 15 dis de escuridão agora dia 15 de novembro estamos desesperado obg se pode mim responder só seu fãn obg..

    2. Jobson, não precisa enviar o comentário 3 vezes 😉

      Isso são as mesmas mentiras que dizem todos os anos.
      Exemplos:
      http://www.astropt.org/2011/09/26/3-dias-de-escuridao/
      http://www.astropt.org/2014/10/28/6-dias-de-escuridao/

      Como pode ver nesses links, isso é até usado por websites de piadas para gozar com os crentes nesses disparates 😉

      abraços

      1. Obrigado Dr.carlos por tira minhas dúvidas estou muito obg abraço

  4. Boa tarde.Dr.carlos garanto que vou fazer só essa pergunta eles estão falando que é a nasa que está a visando a escuridão agora dia 15 ficarei muito grato si vc mim tira sei essa dúvida obg

    1. Jobson, eu já lhe respondi a isso.
      Todos os anos eles dizem que a NASA diz isso, e é *sempre* mentira.
      Pode ver no website da NASA que a NASA nunca disse nada disso.

      abraços

  5. Abraços e muito obrigado tenha uma ótima semana pra vc e sua família

  6. Boa noite Dr.pablo Carlos já xerox uma nova data para o suposto nibiru dizem que é em setembro de 2017 o senhor mim aconselha de não mais ver eseste blogs o brigado boa noite

    1. Todos os anos há uma suposta nova data para essa fantasia…
      http://www.astropt.org/2011/09/09/fantasia-planetaria-nibiru/

      Esses sites são vigaristas. Só dizem isso, todos os anos, para terem hits…

      abraços

  7. Dr Carlos eles estão falando que nibiru esta atrás do sol e estão falando que vocês sabem disso eu confio em vc que é especialista nisso tem set que não olho mais mais tem um site. Que vir ..o nome do blog e ..isso é o fim

    1. Pergunte-lhes como eles sabem isso… que telescópio usaram. 😉

  8. Kkkkk eles diz que a nasa está escondeno e que ela já tem conhecimento do fato obg

    1. Repito a pergunta: como eles sabem isso?

      Usaram que telescópio ou falaram com quem na NASA?

  9. Tanbem fala o que a nasa já protagolo e já está no site dela e verdade isso vc que é especialista no assunto sinto e também estão falando que o dia 16 12 2016 vai ter uma escuridão

    1. Os supostos dias de escuridão, os sites vigaristas todos os anos dizem a mesma coisa.
      http://www.astropt.org/2011/09/26/3-dias-de-escuridao/
      http://www.astropt.org/2014/10/28/6-dias-de-escuridao/

      O site da NASA é este:
      https://www.nasa.gov/
      Em sítio nenhum está essa vigarice 😉

      abraços

  10. Nu site da nasa tem falando sobri esse Niro tem sim ou não …muito obg pela força e pq eu tenho de preço mais vc está mim ajudando muito..fica na paz. Dr Carlos. .abraço

    1. Não, não tem.

      Mas se acha que tem, diga qual é o link.

      abraços

    • Dario Giannini on 18/12/2016 at 21:14
    • Responder

    Eu gostaria de entender por que esses birutas acreditam que tudo o que existe no Universo está fazendo pontaria contra a Terra, como se fôssemos um alvo precioso a ser atingido. Tratamentos psiquiátricos talvez resolvessem de vez essa obsessão por prever o fim do mundo.

  11. Dr Carlos boa tarde vi uma coisa nu setembro aqui que está mim deixando preocupado com a notícia. Ele fala que em 16 de fevereiro um pedaço de nibiru vai colidir com a terra wf9 2016 e verdade

    1. Tendo em conta que Nibiru não existe… sendo somente uma fantasia imaginada por pessoas com problemas… então nada pode colidir com ele 😉
      http://www.astropt.org/2011/09/09/fantasia-planetaria-nibiru/

    2. Quanto ao 2016 WF9, a 25 de Fevereiro de 2017 vai passar mais perto da Terra. Mesmo assim, vai passar a 51 milhões de kms da Terra.
      Ou seja, 150 vezes mais longe que a Lua!

      abraços

        • Cleilson on 18/09/2017 at 11:20

        Dr.Carlos não sei se essa matéria ainda esta ativa ,mas venho le fazer uma pergunta ,foi descoberto um planeta recentemente escuro que não emite luz já estão a dizer que esse planeta e o niburo isso e verídico? Pode mesmo haver um planeta vido a colidir com a terra e os astrônomos ainda não terem o encontrado?

      1. Qual planeta escuro não emite luz?

        Nibiru é uma fantasia. Não existe:
        http://www.astropt.org/2011/09/09/fantasia-planetaria-nibiru/

        O “pode mesmo haver” é uma pergunta não científica 😉
        “Pode ter sido um unicórnio voador invisível que parou o meu carro na auto-estrada?” Pode. Mas é infinitamente mais provável que eu tenha ficado sem gasolina.
        “Pode ter sido o trenó voador do Pai Natal/Papai Noel que colidiu com o meu carro?” Pode. Mas é infinitamente mais provável que eu, distraído a ver o telemóvel/celular, tenha colidido com outro carro.
        http://www.astropt.org/2012/10/11/possivel-vs-provavel/

        Não há qualquer planeta a “vir nesta direção”. Os planetas não andam assim, caoticamente. Os planetas têm órbitas definidas e não andam “por aí aos trambolhões”.
        Mas mesmo que existisse um assim, teria que passar por vários outros planetas para “chegar aqui”. Ou seja, seria detetada a presença dele por astrónomos, meses ou muitos anos antes de cá chegar. Se viesse dos confins do sistema solar, então seria detetado centenas de anos antes de cá chegar.

        abraços

        • Marcos de Vincenzo on 19/09/2017 at 13:46

        Corrija-me, professor, se eu estiver errado. Poderia atá haver um asteroide a colidir com a Terra sem ser detectado, como já aconteceu, sem a devida antecedência, mas um planeta? Grande demais para passar despercebido.

      2. Sim, os maiores perigos espaciais são mesmo os asteroides que não foram detectados.

        Um planeta teria influências gravitacionais noutros corpos do sistema solar (como outros planetas), caso atravessasse as suas órbitas.
        Assim, seria facilmente detectado, com anos de antecedência. Primeiro indiretamente, depois até visualmente. Nós conseguimos ver planetas no céu até Saturno.

        abraços!

        • Cleilson on 22/09/2017 at 20:02

        Se nibiru for um planeta dimensional ele pode aparecer do nada e se chocar?

      3. Eu sou uma pessoa dimensional: tenho 3 dimensões.
        Qualquer planeta, seja Terra, Marte, Júpiter, o que seja, é dimensional, em 3 dimensões.

        Nibiru simplesmente não existe!
        http://www.astropt.org/2011/09/09/fantasia-planetaria-nibiru/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.