Segunda-feira #49: Astro, Ciência & Música

Ao som de Gamma Ray, desejamos uma boa semana produtiva.

11

Beyond the Black Hole – Além do Buraco Negro

(Gamma Ray – 1997)

Eu vim
De tão longe
Da luz do Sol
De meu lar
E eu vi
Era a única forma
Agora meu Sol
Está morto
Se foi…
Eu ergo
Minha cabeça
Em fúria silenciosa
Parece que não há
Lugar para mim
O único jeito
de sair
É ir
Onde ninguém
Jamais esteve
Voe 
Além dos portões
Do espaço e tempo
Outro universo
É meu
E eu não posso
Esperar até amanhã
Cavalgue
Há um chamado
De dentro
Não 
Eu não
Retornarei
Porque mergulharei
Dentro do
Buraco negro
Não espere por mim,
Porque eu não voltarei
Oh,
Não espere por mim 
Não 
Eu não vou voltar
Oh,
Não espere por mim 
Não 
Eu não vou voltar
Trovão
Raio e fogo
Estão guiando
A jornada
De minha vida
Desejo ardente
Insaciável
Enquanto mergulho
Dentro do
Desconhecido
Eu ergo
Minha cabeça
Em fúria silenciosa
Parece que não há
Lugar para mim
O único jeito
de sair
É ir
Onde ninguém
Jamais esteve
Voe 
Além dos portões
Do espaço e tempo
Outro universo
É meu
E eu não posso
Esperar até amanhã
Cavalgue
Há um chamado
De dentro
Não 
Eu não
Retornarei
Porque mergulharei
Dentro do
Buraco negro
Não espere por mim,
Porque eu não voltarei
Oh,
Não espere por mim 
Não 
Eu não vou voltar
Oh,
Não espere por mim 
Não 
Eu não vou voltar
Houve um gatilho 
Para minha decisão
Está logo atrás
Dos meus olhos
Dentro da escuridão
Da minha visão
Eu deixo meu espírito
Erguer-se
Eu quero ver
O buraco negro
Na escuridão
Eu quero mergulhar
Dentro do buraco negro
Para dentro da escuridão
No buraco negro
Na escuridão
Na espiral,
Na escuridão,
Escuridão, escuridão
Se há alguma
Possível chance
De algo que
Possa ser
Chamado de futuro
Além da espiral
O único jeito
De descobrir
É partir
Da fronteira final
Para a eternidade
E voar
Vou voar
Além dos portões
Do espaço e tempo
Deixarei o universo
Para trás
E eu não posso
Esperar até amanhã
Voe 
Além dos portões
Do espaço e tempo
Outro universo
É meu
E eu não posso
Esperar até amanhã
Cavalgue
Há um chamado
De dentro
Não 
Eu não
Retornarei
Porque mergulharei
Dentro do
Buraco negro
Não espere por mim,
Porque eu não voltarei
Oh,
Não espere por mim 
Não 
Eu não vou voltar
Oh,
Não espere por mim 
Não 
Eu não vou voltar
 
 
 

2 comentários

  1. A verdade esta la fora “X”

    • Artur Manuel Contramestre on 21/11/2016 at 23:06
    • Responder

    É pena que a letra original não seja publicada ou então em conjunto com a tradução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.