Passeando pelos Anéis de Saturno e o Final da Missão Cassini

Créditos: Cassini Imaging Team, SSI, JPL, ESA, NASA

Créditos: Cassini Imaging Team, SSI, JPL, ESA, NASA

A imagem acima é parte de uma imagem de alta resolução lançada sobre os anéis de Saturno. Na verdade é um mosaico em cor natural.

As imagens foram registradas em Maio de 2007, por mais de 2.5 horas enquanto a sonda Cassini passava sobre o lado não iluminado dos anéis.

Para ajudar a você se localizar, os maiores anéis e as maiores falhas, os espaços existentes entre os anéis estão com nomes, bem como com a indicação da distância até o centro de Satuno em quilômetros.

A designação alfabética dos anéis está ligada com a ordem de descoberta.
Os anéis A e B são separados pela famosa Divisão de Cassini.
Em ordem de distância de Saturno, os sete principais anéis são D, C, B, A, F, G e E.
Sendo que o anel apagado D, o mais próximo, e o E o mais distante, não aparecem na imagem.

No dia 29 de Novembro de 2016, a sonda Cassini fará um sobrevoo perto do satélite Titã e irá usar a sua gravidade para se posicionar e começar uma série de 20 órbitas elípticas que farão com que a sonda passe raspando pelos anéis de Saturno.

No dia 4 de Dezembro de 2016, a sonda passará a apenas 11000 km de distância do Anel F.
Com essa manobra, a Cassini irá poder estudar os anéis de dentro para fora, e coletar os gases e partículas que formam os anéis.
Além disso, ela poderá estudar de perto e fazer imagens em alta resolução, das luas que moram nos anéis e nas falhas dos anéis como Atlas, Pan, Dáfine e Pandora.

Fontes: APOD, NASA

A Cassini foi lançada em 1997, e explora Saturno desde 2004.
Já fez muitas descobertas, principalmente sobre as grandes luas do planeta, Encélado e Titã, mas depois de 20 anos no espaço, a missão está chegando perto do fim.

O chamado Grand Finale da missão da sonda Cassini será a 15 de Setembro de 2017.

Esta missão vai deixar saudades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.