Curiosity investiga o Monte Sharp em Marte

Se você estivesse de pé em Marte, o que você veria?

https://apod.nasa.gov/apod/image/1612/LowerMtSharp_Curiosity_3480_annotated.jpg

O panorama do Monte Sharp à frente do Curiosity: o 1º triângulo branco desenhado fica a 3 km de distância, 340 metros acima e o lado do triângulo mede 8 metros; o 2º triângulo fica a 3,7 km, 500 metros acima e tem 10 metros de lado; o 3º triângulo dista 18 km, fica 2.700 metros acima do robô e seu lado mede 50 metros.

Se você estivesse ao lado do rover Curiosity em novembro de 2016, você teria contemplado a imagem em destaque, um panorama interessante na porção inferior do Monte Sharp (Aeolis Mons).

As cores da fotografia foram ajustadas para imitar os efeitos de luz familiares a nós, terrestres.

Aqui o robô Curiosity investigou uma planície rochosa no primeiro plano, à frente das Colinas arredondadas. As colinas estão a meia distância e são denominadas de “Unidade Sulfato” (Sulfate Unit). São alvos mais elevados do destino atualmente planeado para o Curiosity.

Uma das razões pelas quais essas colinas são interessantes é porque os sulfatos são uma fonte de energia para alguns tipos de micro-organismos.

O caminho imediato a seguir pelo rover será através da região a sudeste, na parte que fica à esquerda da imagem.

Fonte

APOD: Curiosity Surveys Lower Mount Sharp on Mars – crédito da imagem: NASAJPL-CaltechMSSS;

._._.

1 comentário

  1. Saudações a toda família AstroPT.
    Cumprimentos especiais ao ROCA; aprecio muito sua seleção de imagens e matérias, em geral.

    Proponho uma questão para reflexão:
    A pressão atmosférica em Marte é muito inferior à da Terra (+/- 10^3 X).
    Considere que a equipe que trabalha com este rover concorde em mantê-lo parado e sua câmera, também, por um período de 1 dia sideral local, pelo menos.

    Com relação ao enquadramento da imagem da câmera do rover, o que os Senhores e Senhoras, que acompanham as atividades desse renomado Blog, esperam que ocorra e por quê?

    a) O enquadramento não mudará com o tempo, do mesmo modo como ocorre na Terra.
    b) Mudará com o tempo, seguindo um padrão regido por horário sideral local. Padrão este, praticamente invariável, no curto prazo (questão de poucos meses).
    c) Não sei, não tenho ideia, nunca parei para pensar nisso.

    Obrigado por sua participação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.