Assinaturas do passado

Créditos: ESO / B. Tafreshi (TWAN)

Esta fotografia mostra o telescópio de 3,6 metros do ESO, situado no Observatório de La Silla no Chile. A Lua domina o céu noturno, brilhando tão intensamente que “pinta” o céu de azul!

No entanto, a estrutura que mais se destaca na imagem é a rocha vermelha situada em primeiro plano, que se encontra gravada com desenhos pré-históricos — assinaturas do passado da região. Podemos encontrar vários petróglifos do mesmo género a toda a volta de La Silla, mas esta rocha em particular faz parte do local mais rico da região.

Um rastreio fotográfico e topográfico completo destas gravuras rupestres foi levado a cabo em 1990. As rochas gravadas mostram predominantemente cenas com homens e animais, assim como misteriosas figuras geométricas. Pensa-se que estes petróglifos tenham origem no complexo El Molle — a primeira cultura do norte do Chile. Os geólogos acreditam que no primeiro milénio da nossa era choveu muito mais do que atualmente, o que terá permitido a existência e o desenvolvimento de várias culturas civilizadas no deserto do Atacama.

Este é um artigo do ESO, que pode ser lido aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.