Google+

«

»

Mar 18

Depósitos estratificados em Uzboi Vallis

Depósitos estratificados em Uzboi Vallis. Imagem obtida pela câmara HiRISE da sonda Mars Reconnaissance Orbiter, a 09 de outubro de 2008.
Crédito: NASA/JPL/University of Arizona.

Uzboi Vallis é um vale marciano com aproximadamente 400 km de comprimento, que emerge do rebordo setentrional da bacia de impacto de Argyre e se extingue no interior da cratera Holden, nas proximidades de Margaritifer Terra. Nas suas encostas ocorrem, por vezes, vestígios de antigos depósitos sedimentares estratificados, em particular em alcovas ao longo do vale ou em locais onde desembocam pequenos tributários.

Estes materiais foram provavelmente depositados no leito de uma grande massa de água, que terá temporiamente preenchido Uzboi Vallis quando o seu extremo a jusante foi bloqueado pela orla da cratera Holden. A barragem natural criada pela cratera acabou por ceder depois das águas do lago atingirem a sua máxima cota, permitindo assim a sua rápida drenagem.

Este evento catastrófico apagou grande parte das camadas de finos sedimentos que foram sendo lentamente depositadas no fundo do lago. No entanto, muitos destes depósitos devem ter sobrevivido razoavelmente intactos em locais resguardados da ação erosiva dos fortes caudais gerados pela água em recessão.

Dados obtidos pelo instrumento CRISM, que segue a bordo da sonda Mars Reconnaissance Orbiter, revelam a presença de minerais de argila ricos em Mg e Fe em muitos destes depósitos ao longo do vale, o que sugere que estes materiais foram provavelmente transportados para o interior do lago a partir de locais nas proximidades contendo superfícies com um elevado teor de argila.

Acerca do autor(a)

Sérgio Paulino

Sérgio Paulino licenciou-se em Análises Clínicas e Saúde Pública e fez o seu percurso profissional por algumas áreas do diagnóstico clínico laboratorial, incluindo o diagnóstico de anomalias cromossómicas. Actualmente realiza numa instituição pública o estudo e monitorização de Cianobactérias e toxinas associadas em albufeiras portuguesas. Interessa-se por diversas áreas da ciência, mas nutre uma paixão especial pela Astronomia. Tem um fascínio particular pela exploração do Sistema Solar, pela descoberta de outros sistemas planetários, e pela possibilidade de existência de vida extraterrestre.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

AstroPT – Informação e Educação Científica is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache