Espetacular panorama sobre a cratera Tycho

A cratera Tycho vista pela sonda Lunar Reconnaissance Orbiter.
Crédito: NASA/ASU/Arizona State University.

Tycho é uma cratera lunar com aproximadamente 86 km de diâmetro e uma profundidade de 4,8 km. É interessante pensar que esta gigantesca estrutura foi esculpida na superfície da Lua em apenas alguns minutos!

Imaginem o que seria apreciar tal fenómeno a partir da Terra. Depois de um intenso clarão de luz gerado pelo impacto inicial, um observador na superfície do nosso planeta assistiria, durante vários minutos, a uma sucessão de pequenos impactos secundários movendo-se radialmente, desde o local do impacto, em todas as direções, ao longo de mais de 1500 quilómetros.

Detalhe do pico central de Tycho, uma estrutura que se eleva no seu ponto mais alto a cerca de 2000 metros acima do chão da cratera.
Crédito: NASA/GSFC/Arizona State University.

À medida que a poeira assentava, torna-se-iam cada vez mais definidos no centro da cratera os contornos de um vasto caldeirão de lava incandescente com cerca de 50 km de diâmetro. No entanto, o espetáculo não ficaria por aqui. 3 a 4 dias depois do impacto, a Terra seria atingida por uma intensa chuva de material lunar ejectado do local onde se formou a cratera.

Quando Tycho foi criada, há aproximadamente 108 milhões de anos, não existiam ainda seres humanos para apreciar o evento. Contudo, o fenómeno não terá certamente passado despercebido aos dinossauros, as criaturas dominantes na Terra durante o período do Cretáceo.

3 comentários

  1. como eu gosto deste documentarios,obrigada por nos proporciona essas maravilhas

  2. muito massa .. tem mais fotos ?

    1. Olá Maurício,

      Pode ver mais esta imagem na sua máxima resolução aqui.
      Tem também mais imagens da cratera Tycho aqui e aqui.

Responder a Mauricio Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.