ESO 486-21

Crédito: ESA/Hubble & NASA

Esta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble mostra a galáxia espiral ESO 486-21 , que se encontra a cerca de 30 milhões de anos-luz de distância da Terra.

Apesar de espiral, aparentemente (e temporariamente) é irregular.
Devido a isso, é uma galáxia que está a formar muitas estrelas nas suas nuvens de gás e poeira (em cor-de-rosa).

Fonte: Space Telescope

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Professor, esta galáxia se caracteriza espiral temporariamente irregular, assim como a Grande Nuvem de Magalhães?

    1. Todas as irregulares são temporárias. Eventualmente coalescem para uma forma.
      Normalmente tornam-se irregulares devido aos efeitos gravitacionais provocados por uma galáxia próxima.

      Na verdade, tudo no Universo é temporário 😉

      1. Pois então devido a ação gravitacional de uma galáxia próxima, uma galáxia irregular não necessariamente é uma galáxia nova, que está em processo de formação, correto?

      2. Correto. É normalmente uma galáxia espiral que está a ser “desmanchada” devido ao efeito da gravidade. 😉

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.