Arp 299: o casamento de duas galáxias

Créditos: raios-X: NASA/CXC/Univ of Crete/K. Anastasopoulou et al, NASA/NuSTAR/GSFC/A. Ptak et al; Ótico: NASA/STScI

Arp 299 é composto por duas galáxias que estão a colidir, estão a fundir-se há milhões de anos.
Este sistema binário de galáxias em colisão encontra-se a cerca de 140 milhões de anos-luz da Terra.

O Observatório de raios-X Chandra revelou 25 locais brilhantes em raios-X no Arp 299 (rosa), dos quais 14 são considerados Fontes Ultra-Luminosas de Raios-X (ULXs, em inglês).
Estes ULXs são muito provavelmente sistemas binários onde um buraco negro ou uma estrela de neutrões está a puxar material da sua companheira estelar.

É raro existir uma tão elevada concentração de ULXs.
Eles são causados por uma elevada formação estelar, devido à fusão galáctica. Arp 299 é, na verdade, um dos locais com maior formação de estrelas no Universo local.
Ou seja, em locais onde estão a nascer muitas estrelas, muitas delas são estrelas binárias, em que uma das companheiras maciças morre rapidamente.
Estes sistemas binários são chamados Binárias de Raios-X de Alta Massa.

Arp 299 só no comprimento de onda do visível.
Crédito: NASA / STScI

Fontes: Observatório Chandra, Artigo Científico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.