Jul 16

Cratera secundária em Mare Australe

Uma cratera alongada numa imagem obtida pela sonda Lunar Reconnaissance Orbiter, a 26 de agosto de 2012.
Crédito: NASA/GSFC/Arizona State University.

A imagem de cima mostra uma cratera alongada localizada em Mare Australe, no hemisfério sul da Lua. Com aproximadamente 5 km de comprimento, esta cratera faz parte de um aglomerado de pequenas crateras secundárias criado pelo impacto de material escavado e ejectado da superfície lunar durante a formação de uma cratera primária nas proximidades.

As crateras secundárias podem ser muito úteis quando é possível associá-las a crateras primárias cuja idade se encontre bem definida, uma vez que podem ser usadas para estimar com maior precisão o período de formação da superfície onde se encontram.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.