Duas galáxias numa dança mortal (Arp 87)

Arp 87 (HD), à esquerda, NGC3808, e à direita, NGC 3808A.
Créditos: NASA/ESA/ Hubble Heritage /Ruben Barbosa

Na direção da constelação de Leão, a aproximadamente 300 milhões de anos-luz de distância, encontramos duas galáxias num duelo gravitacional.

Arp 87 é um deslumbrante par de galáxias cuja forma foi distorcida pela interação gravitacional. As estrelas, o gás e o pó fluem da grande galáxia espiral, NGC 3808, por mais de 75.000 anos-luz, formando um braço envolvente ao redor de seu companheiro.

A forma anelar do material de maré enrolado na galáxia menor sugere que está a atrair material (estrelas e gás) da galáxia maior.

As galáxias interativas geralmente exibem altas taxas de formação estelar. Algumas galáxias de fusão têm os níveis mais altos de formação estelar que podemos encontrar em qualquer lugar do universo próximo.

Mais à direita, podemos observar uma terceira galáxia que, por se encontrar bastante mais distante, não tem qualquer influência no processo gravitacional.

Neste grupo do catálogo reside um objeto Arp notável: a Galáxia do Redemoinho (M51, Arp 85), composto por uma grande galáxia espiral interagindo com uma elítica de menor dimensão.

Ficha técnica:

  • Aquisição: NASA/ESA/Hubble Heritage
  • Processamento: Ruben Barbosa

O download dos ficheiros utilizados neste artigo pode ser feito no link que se segue e está acessível para o público em geral. Depois bastará fazer o processamento (utilizando, por exemplo, freeware como o GIMP). FITS e Galeria de Galáxias em Interação Gravitacional.

 

Plataforma “O Universo em Fotografia”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.