Asteroide Florence tem duas luas

Imagens de radar do asteroide 3122 Florence.
Crédito: NASA / JPL

No passado dia 1 de Setembro de 2017, passou relativamente próximo da Terra o maior asteroide já descoberto desde que os NEOs começaram a ser encontrados desde há cerca de um século.

O asteroide se chama 3122 Florence.

Ele tem cerca de 4.5 quilômetros de diâmetro e passou a cerca de 7 milhões de quilômetros da Terra. Essa distância é o equivalente a 18 vezes a distância entre a Terra e a Lua. Assim, o “relativamente próximo” é ainda longe…

Ele cruzou os céus da Terra a uma velocidade de cerca de 48700 km por hora, e brilhou com magnitude 9 no céu.

Crédito: NASA / JPL-Caltech

Os astrônomos aproveitaram esta passagem para refinarem a estimativa do seu diâmetro, suas propriedades e sua órbita.

O asteroide 3122 Florence volta a visitar a Terra em 2500.

Florence orbit

Imagens feitas pelos radares de Goldstone e Arecibo revelaram que o asteroide Florence tem duas luas. Assim, é considerado um asteroide triplo.

O Florence é o único asteroide triplo conhecido na população de NEOs, dos mais de 16400 descobertos até hoje.

Crédito: NASA

O tamanho das duas luas não é conhecido com precisão, mas está entre 100 e 300 metros de diâmetro.
O tempo necessário para cada lua dar uma volta ao redor do Florence também não é conhecido com precisão mas aparentemente é de cerca de 8 horas para a lua interna e entre 22 e 27 horas para a lua externa.
A lua interna do Florence tem um período de órbita mais curto do que qualquer uma das luas dos 60 asteroides próximos da Terra conhecidos com luas.
Nas imagens de radar de Goldstone, que tem uma resolução de 75 metros, as luas aparecem como um amontoado de poucos pixels e não é possível revelar nenhum detalhe sobre elas.

Florence moons

As imagens de radar também fornecem a primeira imagem detalhada do Florence. Embora o asteroide seja bem arredondado, ele tem uma cadeia de montanhas no equador, e no mínimo uma grande cratera e duas regiões mais planas além de outras feições topográficas menores.
As imagens também confirmam que o Florence tem um período de rotação de 2.4 horas, um resultado que já havia sido determinado anteriormente a partir de medidas de brilho do asteroide.

Fontes: NASA, NASA, NASA, SpaceRef, EarthSky.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.