Colisão Galáctica peculiar

Crédito: ESA/Hubble, NASA

Esta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble mostra Arp 256, uma colisão galáctica de proporções cósmicas.

A 350 milhões de anos-luz de distância da Terra, um par de galáxias espirais barradas começaram o seu processo de fusão.
Apesar dos seus núcleos ainda estarem separados por uma larga distância, as formas das galáxias já estão incrivelmente distorcidas.
Estas galáxias vão dançar gravitacionalmente nos próximos milhões de anos… até se fundirem numa só galáxia.

Estas colisões galácticas, com as suas interações gravitacionais, produzem espetaculares regiões de formação estelar: berços estelares com estrelas jovens, quentes e azuis.

No passado, quando o Universo era mais pequeno, as interações gravitacionais e as fusões galácticas eram mais frequentes.

Arp 256 foi inicialmente catalogado por Halton Arp em 1966, como uma das 338 galáxias no seu Atlas de Galáxias Peculiares.

Fonte: Space Telescope

1 comentário

  1. Fabuloso.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.