Atmosfera de Urano tem cheiro de ovo podre

Crédito: NASA

A composição atmosférica de Urano sempre foi uma grande questão para os astrônomos.
Mesmo sendo estudado pela Voyager 2 e por alguns telescópios em Terra, a composição nunca ficou clara.

Mas dessa vez, um grupo de astrônomos usou o instrumento chamado Near-Infrared Integral Field Spectrometer (NIFS), instalado num dos maiores observatórios do mundo (Gemini-Norte), para estudar a composição da atmosfera de Urano.
Com esse espectrômetro foi possível entender muito bem do que a atmosfera é formada.

E ao estudar o espectro de Urano, os pesquisadores descobriram que nas nuvens mais altas de Urano existe sulfeto de hidrogênio.
Isso é um contraste muito grande com os planetas gigantes gasosos, como Júpiter e Saturno, que possuem na sua composição amônia.
Essas diferenças indicam claramente que eles se formaram em condições distintas no início do Sistema Solar.

Sempre se suspeitou da presença de sulfeto de hidrogênio na atmosfera de Urano, mas sempre foi muito difícil detectar, porque somente uma pequena fração se mantém acima das nuvens.
Mas o Gemini-Norte e o NIFS possuem uma capacidade impressionante capaz de registar essas pequenas frações de gases nas altas atmosferas de Urano.

E por que eu falei que cheira mal?
Quando os ovos apodrecem, eles produzem um gás. Esse gás é o sulfeto de hidrogênio, ou seja, a atmosfera de Urano tem cheiro de ovo podre.

Fonte: BBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.