Nebulosa do Retângulo Vermelho

Créditos: Hubble, NASA, ESA; Processamento: Judy Schmidt

A estrela HD 44179 está rodeada por uma estrutura extraordinária conhecida como Retângulo Vermelho.

Nesta fabulosa imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble vemos que a nebulosa não é bem retangular, mas sim como um X que contém estruturas adicionais de gás brilhante.

A estrela no centro é similar ao Sol, mas está já no final da sua vida. Assim, está a expelir gás e poeira, criando a nebulosa.
Na verdade, trata-se de uma estrela binária – duas estrelas rodeadas por uma área densa de poeira.

O Retângulo Vermelho é um exemplo pouco comum de uma proto-nebulosa planetária: estrelas no final da vida, a caminho de se tornarem nebulosas planetárias. Após a expulsão de massa, uma quente anã branca ficará no local, sendo que a sua radiação ultravioleta fará o gás brilhar.

O Retângulo Vermelho está a 2300 anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação Monoceros (Unicórnio).

Fonte: APOD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.