Grande galáxia foi devorada por Andrómeda

A galáxia de Andrómeda, com as suas galáxias-satélite M32 (esquerda do centro) e M110 (em baixo à direita).
Um novo estudo sugere que M32 é o que resta de uma enorme galáxia engolida por Andrómeda há cerca de 2 mil milhões de anos.
Crédito: S. Ozime

O Grupo Local contém mais de 50 galáxias, onde as maiores são a Via Láctea e Andrómeda (M31).
Um novo estudo sugere que o Grupo Local tinha uma outra grande galáxia, mas que Andrómeda a devorou há cerca de 2 mil milhões (bilhões, no Brasil) de anos.

Os astrónomos denominaram essa galáxia de M32p.
O nome não é por acaso. É que essa grande galáxia não foi completamente desintegrada. Parte da galáxia sobreviveu e é a galáxia a que chamamos atualmente de M32 (que parece ser uma antiga galáxia elíptica compacta, mas tem na realidade muitas estrelas jovens). M32 é assim o remanescente dessa colisão gravitacional entre M32p e Andrómeda.

Os encontros e colisões de galáxias são normais no Universo.

Fontes: Space.com, artigo científico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.