Perseidas 2018

Perseida vista em Deeside, Escócia, a 13 de Agosto de 2013.
Crédito: Jim Henderson

Este fim-de-semana temos a chuva de meteoros das Perseidas.

Esta “chuva de estrelas” decorre entre os dias 17 de julho e 24 de agosto, sendo que a maior afluência de meteoros acontece este fim-de-semana, entre a noite de 11 e madrugada de 13 de Agosto.

Neste ano de 2018, o pico será atingido entre as 21h de 12 de Agosto e as 8h de 13 de Agosto (maior número de meteoros a partir das 23h, devido a Perseus estar acima do horizonte – visto de Portugal).
Nesta altura, em locais bastante escuros, espera-se um máximo de 110 meteoros por hora. No entanto, se virem algumas dezenas de meteoros numa hora, considerem-se muitos satisfeitos – porque as condições necessitam de ser absolutamente ideais (incluindo, longe de poluição luminosa).

Curiosamente, este ano temos uma coisa a nosso favor: a Lua estará praticamente na sua fase de Nova, por isso não atrapalhará as observações.

Para observarem a chuva de estrelas, não necessitam de qualquer equipamento astronómico. Bastam os olhos. E, claro, olharem para cima.
Além da observação à vista desarmada, aconselha-se muita paciência. O melhor é estar confortavelmente sentado numa cadeira reclinável, ou mesmo deitado na relva durante algumas horas.

A observação das Perseidas é uma das melhores anualmente, vista de Portugal.
No entanto, no Brasil, é difícil de ver, já que o radiante fica muito baixo no horizonte.

Crédito: Adrian West

As Perseidas são devido aos pequenos pedaços de poeira deixados pelo grande cometa Swift-Tuttle entrarem na atmosfera terrestre, enquanto a Terra vai na sua rota ao redor do Sol.
O nome Perseidas deve-se ao facto dos meteoros parecerem provir da constelação de Perseus: ou seja, esta chuva de estrelas tem o seu radiante em Perseus.

Além da chuva de estrelas, aproveitem a noite para observarem os planetas Júpiter, Saturno e Marte.

Créditos: Sky & Telescope / John Blanchard / The Chronicle

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.