Descoberta estrela rara e antiga

Crédito: ESO / Beletsky / DSS1 + DSS2 + 2MASS

Uma equipa de astrónomos descobriu uma das estrelas mais antigas conhecidas: ela tem cerca de 13,5 mil milhões (bilhões, no Brasil) de anos de idade!
Como se sabe que é bastante antiga? Porque é composta quase totalmente por hidrogénio e hélio (e pequenas quantidade de lítio), formados no Big Bang, praticamente não tendo metais.

Como a estrela pode ser mais antiga que a Via Láctea?
Talvez a Via Láctea seja mais antiga do que se pensa atualmente. Em vez de 10 mil milhões de anos, talvez a nossa Galáxia tenha 13 mil milhões de anos de idade.

A estrela 2MASS J18082002-5104378 B é bastante pequena e tem uma pequena massa (cerca de 14% do Sol).

Até há algumas décadas atrás, pensava-se que as primeiras estrelas no Universo seriam desprovidas de metais (elementos químicos mais pesados que o hélio), seriam bastante maciças e, por isso, morreram muito rapidamente.
Mais recentemente começou-se a perceber, através de modelos computacionais, que os primeiros grupos de estrelas podem ter consistido de uma estrela maciça cercada por diversas estrelas menores.
Essas estrelas menores e pouco maciças duram muito tempo, biliões de anos. Por isso, é normal que ainda existam.
Talvez 2MASS J18082002-5104378 B seja uma dessas estrelas.

Fontes: Science Alert, comunicado de imprensa, artigo científico.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.