Quinto Elemento

Revi recentemente o filme 5º Elemento.

Gosto bastante deste filme.

Aparentemente é um filme complexo, com várias tramas que devemos seguir.
Mas na prática tem uma história muito simples: em 2263, é preciso encontrar 4 pedras místicas (e a elas, juntar o Quinto Elemento) de modo a defender a Terra contra o ataque de um ser alienígena poderosíssimo (planeta negro). Sem isso, a vida na Terra será exterminada.

O grande tema do filme é um assunto recorrente: a eterna luta do Bem contra o Mal.

O filme é visualmente excelente.
É um filme divertido, com um adequado sentido de humor.
Assim, este é um filme que providencia um excelente entretenimento.

Claro que ajuda que Leeloo seja realmente o ser perfeito…

Já Ruby Rhod tem uma performance nitidamente exagerada.
Para mim, vi esta personagem como uma crítica social aos entertainers que preferem o espetáculo ôco, sem qualquer substância.

Como é normal nos filmes de ficção científica, os seres extraterrestres são humanoides – ou seja, sem criatividade. Não gosto disso, como é evidente.
Além disso, o ser perfeito é humano. Ora, mais uma vez temos aqui o geocentrismo psicológico de se assumir que os Humanos são o topo da evolução.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.