Ciência vs. Pseudociência

Este parece-me ser um quadro muito interessante com algumas das diferenças mais importantes entre a ciência e a pseudociência.

A ciência:
– segue as evidências,
– considera todas as evidências e avalia os argumentos utilizados,
– utiliza uma lógica cuidadosa e válida,
– abraça as críticas,
– usa termos precisos com definições claras,
– faz alegações conservadoras e não definitivas,
– utiliza métodos rigorosos e passíveis de serem repetidos por equipas independentes,
– envolve a comunidade de especialistas,
– abraça a mudança em face de novas evidências.

A pseudociência:
– começa com a conclusão e depois vai atrás somente das evidências que confirmem a conclusão inicial,
– não aceita as críticas,
– utiliza palavras para confundir as pessoas e evitar perguntas incómodas,
– faz alegações extraordinárias que vão muito para além das evidências,
– aceita somente evidências a favor, mesmo sendo evidências muito fracas, e apoia-se em testemunhos pessoais falíveis,
– utiliza métodos com muitas falhas e que não conseguem ser repetidos por equipas independentes,
– é feita por rebeldes solitários sem educação ou experiência na área,
– utiliza uma lógica inválida, inconsistente,
– é dogmática e inflexível mesmo em face de evidências objectivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.