Centro de Astrofísica da Universidade do Porto

O Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) é uma associação científica e técnica privada, sem fins lucrativos e reconhecida de utilidade pública. É a instituição de acolhimento do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço - a maior unidade de investigação nacional em Astronomia, e gere o Planetário do Porto - Centro Ciência Viva. Inscreve entre os seus objectivos estatutários apoiar e promover a Astronomia, através de: investigação científica, formação ao nível pós-graduado e universitário, ensino da Astronomia ao nível não universitário, divulgação da ciência e promoção da cultura científica.

Artigos mais comentados

  1. O que fazer para ser Astrónomo? — 70 comentários
  2. Exoplaneta rochoso com atmosfera detetado na “vizinhança” do Sistema Solar — 14 comentários
  3. Lua “Azul”? — 14 comentários
  4. HARPS deteta 50 novos exoplanetas — 12 comentários
  5. Cursos de Formação — 11 comentários

Author's posts

Planetário do Porto comemora 20 anos com atividades espaciais

Dia 24 de Novembro é o dia nacional da cultura científica e tecnológica. É também a data do aniversário do Planetário do Porto – Centro Ciência Viva, inaugurado neste dia em 1998. Para celebrar o vigésimo aniversário, a partir das 14h00 o planetário estará de portas abertas, com um conjunto de atividades espaciais para toda …

Continue reading

O brilho invisível do Universo

Galáxias no Campo Ultra profundo do Hubble (HUDF), com sobreposição (a azul) do brilho da emissão Lyman-alfa dos vastos reservatórios de hidrogénio atómico que envolvem as galáxias no Universo primitivo. Crédito: ESO/ Lutz Wisotzki et al. Num artigo, publicado online hoje na revista Nature, uma equipa internacional, que inclui o investigador do Instituto de Astrofísica …

Continue reading

Cientistas portugueses à boleia de missão da NASA para caçar exoplanetas

Será lançado hoje para o espaço o TESS (NASA), um observatório espacial que conta com a participação do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA). O lançamento, efetuado por um foguetão Falcon 9 da empresa privada SpaceX, está previsto para as 23:32 (hora de Portugal continental), a partir do Centro Espacial Kennedy na Flórida …

Continue reading

Caracterização de um mundo aquático num sistema exoplanetário

Uma equipa de astrónomos provenientes de 11 países, liderados por investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), conseguiram determinar com precisão a massa de dois pequenos exoplanetas a orbitar a estrela HD 106315. Estes dois planetas, detetados previamente pelo método de trânsito com o satélite Kepler (NASA), permitiram aos investigadores determinar o …

Continue reading

Um outro Mercúrio, mas grande como a Terra

É em tamanho muito semelhante à Terra, mas tem duas vezes e meia a massa do nosso planeta, o que o torna afinal muito mais denso e, na sua composição global, mais parecido com Mercúrio. Um planeta descoberto à distância de 340 anos-luz poderá esclarecer as peculiaridades do planeta mais perto do Sol, segundo artigo …

Continue reading

ESPRESSO transforma VLT no maior telescópio ótico da atualidade

Mais de 20 anos depois de entrar em funcionamento, um dos principais objetivos do Very Large Telescope (VLT), do Observatório Europeu do Sul (ESO) foi finalmente concretizado, graças ao espectrógrafo ESPRESSO: juntar os quatro telescópios de 8,2 metros num foco de luz incoerente, e fazê-los funcionar como um único telescópio gigante com um poder coletor …

Continue reading

Gémea do Sol ajuda a compreender o ciclo solar e o seu efeito no clima da Terra

Uma equipa internacional, que inclui vários investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), usou observações do telescópio espacial Kepler (NASA) e outros telescópios à superfície da Terra, para observar a estrela análoga ao Sol HD 173701. As observações apontam para que a diferença do ciclo de atividade entre esta estrela e o …

Continue reading

Chegou o caçador de exoplanetas da próxima geração

O ESPRESSO (Echelle SPectrogaph for Rocky Exoplanet and Stable Spectroscopic Observations ou espectrógrafo echelle para observações de planetas rochosos e espectroscopia de alta estabilidade), instalado no VLT do Observatório Europeu do Sul (ESO), já teve “primeira luz” . O coudé train do ESPRESSO, uma das componentes chave do instrumento, foi construído em Portugal pelo Instituto …

Continue reading

Exoplaneta temperado descoberto à volta de estrela próxima do Sol

A apenas 11 anos-luz de distância, o exoplaneta Ross 128 b tem o tamanho da Terra e orbita uma estrela anã vermelha pouco ativa, sendo o segundo planeta temperado mais próximo de nós. Este exoplaneta foi detetado com o espectrógrafo HARPS (ESO) por uma equipa que inclui o astrofísico do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço …

Continue reading

Primeira deteção de Óxido de Titânio na atmosfera de um exoplaneta

Uma equipa internacional, da qual faz parte Mahmoudreza Oshagh, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA)/ Universidade do Porto e do Instituto de Astrofísica da Universidade Georg-August, na Alemanha, detetou pela primeira vez óxido de titânio (TiO) na atmosfera de um exoplaneta. O resultado foi hoje publicado na revista Nature. WASP-19b é um …

Continue reading

Load more