Google+

Luís Lopes

Pormenores do autor(a)

Nome: Luís Lopes
Data de registo: 28/07/2007

Biografia

Luís Lopes é professor no departamento de Ciência de Computadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Astrónomo amador há mais de 25 anos, interessa-se pela ciência em geral e pela sua divulgação. Acompanha com especial atenção os desenvolvimentos nas áreas de exoplanetas e da evolução estelar. Gosta de estar com a família, de ler um bom livro, de plantar e ver crescer árvores e de passar noites a observar o céu. Também escreve para o AstroPT de vez em quando ;-)

Artigos mais recentes

  1. Telescópio tentará observar o Buraco Negro Super-Maciço no centro da Via Láctea no início de Abril — 22/03/2017
  2. Buraco Negro e Anã Branca Formam Par Exótico em Enxame Globular — 21/03/2017
  3. A Estrela Mais Brilhante da Espada de Orionte “Bate Como um Coração” — 21/03/2017
  4. Messier 83 e NGC 5128: duas vizinhas extraordinárias — 20/03/2017
  5. A Gémea da Via Láctea — 19/03/2017

Artigos mais comentados

  1. HAT-P-34b a -38b — 57 comentários
  2. Kepler-11 e Família e Primeiros Candidatos na Zona Habitável — 30 comentários
  3. Novidades da Missão Kepler — 29 comentários
  4. Cinco Planetas em Tau Ceti ? — 21 comentários
  5. Gliese 581g ! — 16 comentários

Lista de artigos do autor(a)

Mar 22

Telescópio tentará observar o Buraco Negro Super-Maciço no centro da Via Láctea no início de Abril

No início do próximo mês, uma equipa de astrónomos vai tentar realizar uma das mais espectaculares observações da história da astronomia: obter imagens do buraco negro super-maciço que habita o centro da nossa galáxia, a Via Láctea. A equipa usará um instrumento pouco convencional designado por Event Horizon Telescope. Na verdade não se trata de …

Continue a ler »

Mar 21

Buraco Negro e Anã Branca Formam Par Exótico em Enxame Globular

Uma equipa de astrónomos liderada por Arash Bahramian, da Universidade de Alberta, utilizou os telescópios espaciais Chandra e nuSTAR, da NASA, e o radiotelescópio Australia Telescope Compact Array (ATCA) para descobrir um sistema binário excepcional, composto por uma anã branca e um buraco negro que orbitam a uma distância inferior a 2.5 vezes a distância …

Continue a ler »

Mar 21

A Estrela Mais Brilhante da Espada de Orionte “Bate Como um Coração”

Num destes dias, no início da noite, olhe com atenção para a figura imponente da constelação de Orionte. Por debaixo das “Três Marias”, as três estrelas que formam o cinturão de Orionte, poderá ver um pequeno grupo de três estrelas menos brilhantes, na vertical, que marcam a espada do gigante mitológico. A “estrela” central deste …

Continue a ler »

Mar 20

Messier 83 e NGC 5128: duas vizinhas extraordinárias

Uns graus para sul de Spica, a estrela mais luminosa da constelação da Virgem, podemos encontrar duas das galáxias mais brilhantes do céu nocturno: Messier 83, na constelação da Hidra, e NGC 5128, também conhecida por Centaurus A, na constelação do Centauro. Visíveis com uns simples binóculos num local sem poluição luminosa, estas galáxias são …

Continue a ler »

Mar 19

A Gémea da Via Láctea

Desde o início do século XX que sabemos que a Via Láctea, a galáxia a que pertence o Sistema Solar, é de um tipo chamado “espiral”. Este tipo de galáxia tem uma região central esférica com grande densidade estelar, designada por bojo, rodeada por um disco extenso de estrelas e nuvens de gás e poeira. …

Continue a ler »

Mar 19

Fitando o Olho de Sauron

A imagem seguinte, obtida pelo autor usando um dos instrumentos do Virtual Telescope, mostra um recanto da constelação dos Cães de Caça centrado na galáxia activa NGC 4151, uma das mais próximas desta classe. O brilho intenso do núcleo, que ofusca quase por completo o resto da galáxia, é absolutamente notável e esconde um dos …

Continue a ler »

Fev 18

Radiotelescópio de Arecibo obtém imagens do Núcleo do Cometa Honda-Mrkos-Pajdušáková

O cometa 45P/Honda-Mrkos-Pajdušáková (doravante 45P) foi descoberto em Dezembro de 1948 pelos astrónomos Minoru Honda, Antonín Mrkos e L’udmila Pajdušáková. Ao contrário da maioria dos cometas, que têm períodos orbitais de muitos milhares de anos, o 45P completa uma órbita em torno do Sol em apenas 5.3 anos. No seu percurso, o cometa passa entre …

Continue a ler »

Fev 06

Veja um Blazar na Ursa Maior!

Markarian 421 é uma galáxia elíptica activa situada a cerca de 400 milhões de anos-­luz, na constelação da Ursa Maior. É uma das fontes de raios gama extra-galácticas mais brilhantes e uma das poucas que emitem fotões com energias superiores a 1 TeV (1 Tera-electrão Volt, a energia de 1 electrão movendo-se num potencial eléctrico …

Continue a ler »

Fev 01

LIGO Impõe Limites ao Tamanho de Montanhas nos Pulsares do Caranguejo e da Vela

A equipa da experiência LIGO (Laser Interferometer Gravitational Observatory) analisou os dados recolhidos durante as temporadas de observação realizadas até à data com o intuito de identificar a emissão de ondas gravitacionais provenientes de pulsares. Embora não tenham sido detectadas ondas gravitacionais para nenhum dos 200 pulsares estudados, os resultados indicam que o LIGO poderá …

Continue a ler »

Jan 28

Astrónomos Usam Lentes Gravitacionais para Medir o Ritmo de Expansão do Universo

Um grupo de astrónomos liderado por Sherry Suyu, do Max Planck Institute for Astrophysics, usou o telescópio espacial Hubble para obter uma estimativa do valor da constante de Hubble — Ho (lê-se H-zero) — com base em observações de 5 lentes gravitacionais. O valor de Ho determina o ritmo de expansão do Universo e é, por isso, uma das …

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items