Marinho Lopes

Licenciado em Engenharia Física (2008) e mestre em Física (2010) pela Universidade de Aveiro. Doutorado em Física (2014) pelas Universidades do Minho, Aveiro e Porto (MAP-fis). Em 2015 tornei-me investigador de pós-doutoramento na universidade de Exeter (Reino Unido), onde tenho estudado modelos matemáticos de epilepsia. Vejo-me como um teórico com um forte interesse em aplicações. Sinto-me naturalmente fascinado pela “irrazoável eficácia da matemática” para descrever o mundo que nos rodeia, e por isso gosto de explorar a interface entre a matemática, a física e a biologia, em particular as neurociências. Porquê as neurociências? Porque não consigo imaginar nada mais interessante que a mente humana. Estamos apenas a começar a compreender a forma como o cérebro funciona, e é emocionante poder fazer parte desta epopeia científica. O impacto desta investigação irá mudar o mundo! Também me interesso por cosmologia, filosofia e literatura.

Artigos mais comentados

  1. Ciência versus Religião — 32 comentários
  2. Teoria das Cordas — 30 comentários
  3. Buracos Negros — 28 comentários
  4. O Estado do Tempo — 22 comentários
  5. Mal-entendidos sobre Ciência e Religião — 15 comentários

Author's posts

Contas impossíveis

Neste artigo vou abordar algumas curiosidades matemáticas que envolvem cálculos onde a nossa intuição não parece ser suficiente para alcançarmos a solução. Por outras palavras, vou apresentar e justificar várias “contas” que muitas vezes são encaradas como sendo meras convenções (ou, quiçá, como caprichos dos matemáticos).

Continue reading

Outra vez 1?!

Já reparou que o algarismo 1 parece apresentar-se como primeiro dígito mais vezes que todos os outros algarismos? Isto é, quando se depara com um dado número qualquer, parece que o 1 tem uma maior probabilidade de aparecer na primeira “posição” do lado esquerdo do número. Por exemplo, o 1 é o primeiro dígito dos …

Continue reading

Medir o Mundo – Parte IV

Na terceira parte falei de electrostática e da medição de carga eléctrica. Passo agora à carga em movimento, isto é, corrente eléctrica. Irei também falar de medir tensões eléctricas e campos magnéticos. Compreender e medir o electromagnetismo esteve na base de uma das maiores revoluções civilizacionais que a humanidade protagonizou.

Continue reading

Medir o Mundo – Parte III

  Já sabemos como medir distâncias, tempos, massas, velocidades, pressões e temperaturas. Faço notar que a partir destas podem inferir como medir muitas outras, as quais, por isso, não irei detalhar (áreas, volumes, frequências, acelerações, forças, etc.). Nesta terceira parte vou-me focar apenas na medição de cargas eléctricas. Começo, porém, por dar uma breve introdução …

Continue reading

Apresentações do livro em Lisboa, Aveiro, Coimbra e Leiria

O livro “Para Além dos Ombros de Gigantes” de Marinho Lopes* e prefácio de Carlos Fiolhais irá ser apresentado nas seguintes datas e locais: Sexta-feira, dia 2 de Março, às 20h30, na Fábrica Braço de Prata em Lisboa. Apresentação pelo Prof. Rui Agostinho. Evento no facebook.   Sábado, dia 3 de Março, às 11h00, no …

Continue reading

Apresentação do livro “Para Além dos Ombros de Gigantes” – Coimbra

No dia 3 de Março às 15h00, no Rómulo – Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra, irá ser apresentado o livro “Para Além dos Ombros de Gigantes” da minha autoria. A apresentação será feita por Carlos Oliveira, doutorado em Educação Científica com especialização em Astrobiologia (Universidade do Texas, Austin, EUA) e coordenador geral do AstroPT. A …

Continue reading

Medir o Mundo – Parte II

Na primeira parte falei-vos de como medir distâncias, tempos e massas. Nesta segunda parte vou explicar como medir velocidades, pressões e temperaturas.

Continue reading

Lançamento do livro “Para Além dos Ombros de Gigantes”

No dia 2 de Março às 20h30, na Fábrica Braço de Prata em Lisboa, irá ser lançado o livro “Para Além dos Ombros de Gigantes” da minha autoria. A apresentação será feita por Rui Agostinho, professor auxiliar no Departamento de Física da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), director do Observatório Astronómico de Lisboa, e …

Continue reading

Medir o Mundo – Parte I

Já aqui falei de como medir o raio da Terra, a distância da Terra à Lua, da Terra ao Sol e da Terra a outras estrelas. Neste artigo vou-me antes focar nas medições que fazemos no nosso dia-a-dia, não só de distâncias, mas de muitas outras grandezas físicas, como o tempo, a massa, a temperatura, …

Continue reading

Como equilibrar uma mesa com Matemática?

Já lhe aconteceu ir ao café, pedir a sua bebida, e constatar que a mesa junto à qual está sentado não está bem assente com as quatro pernas no chão? Ao apoiar um cotovelo na mesa, esta baloiça, colocando em risco a sua bebida! Se você for como eu, irá de certo decidir que tal …

Continue reading

Load more