Saulo Machado

Astrônomo amador, especialista em observação do céu, constelações, história das estrelas e etimologia astronômica. Membro do GaeA (Grupo de Apoio em Eventos Astronômicos)

Artigos mais comentados

  1. Cruzeiro do Sul – II — 30 comentários
  2. Plantão da descoberta – 06 a 12 de outubro de 2015 — 11 comentários
  3. 1.000 exoplanetas! — 10 comentários
  4. Plantão da descoberta: 16 a 22 de agosto de 2016 — 9 comentários
  5. Plantão da descoberta: 10 a 16 de maio de 2016 — 9 comentários

Author's posts

A Narina do Corvo

Chegamos à estrela Epsilon da constelação do Corvo. É chamada de Minkar, que em árabe significa “narina”.  Outra narina pode ser encontrada no céu, na constelação da Baleia, cuja estrela principal é chamada de Menkar (variante da palavra ‘Minkar’). No Corvo faz todo sentido ser chamada assim porque fica perto da estrela alfa, Alchiba, que possui o nome árabe alternativo  ‘Al …

Continue a ler

O Corvo e sua estrela de identidade

Continuando o passeio pelas estrelas do Corvo, que nesta época do ano está culminando nas primeiras horas da noite. Passemos à estrela delta, cujo nome é Algorab.  Seu nome, árabe,  significa “o corvo” propriamente dito. Não é tão incomum encontrarmos estrelas cujos nomes estejam diretamente vinculados à constelação a que elas pertencem. Podemos citar como …

Continue a ler

Debaixo da Asa do Corvo

Continuando nossa exploração pelas estrelas do Corvo chegamos à estrela Gama, conhecida pelo nome “Gienah Ghurab”. Gienah significa “asa”, em árabe. Temos outra estrela de nome Gienah, que é a asa do animal na constelação do Cisne. Ghurab significa “Corvo” (variantes: Ghurad, Ghorab ou Gorab).  Assim, ficou mais fácil fazer o desenho do Corvo no …

Continue a ler

O Enigma de Kraz

Alguns nomes de estrelas precisam de um verdadeiro trabalho investigativo para descobrir sua origem. Muitos desses nomes vieram do árabe e nem sempre suas transcrições para o Ocidente eram fidedignas. Para complicar um pouco, podem ser encontradas versões de uma mesma palavra. Podemos citar como exemplo a palavra “Deneb”, mais conhecida como uma das estrelas …

Continue a ler

A Tenda

A constelação do Corvo possui uma estrela de nome “Alchiba”, de origem árabe, que significa “tenda”. Pode ser estranho, à primeira vista, tentar relacionar uma tenda à constelação que representa uma ave. Mas, prestando atenção no alinhamento principal da constelação (formado pelas estrelas, beta, gama, delta e epsilon), dá para fazer uma tenda vista de cima, …

Continue a ler

O Velho e o Novo diante de Marte

Agosto de 2003. O planeta Marte estava bem próximo da Terra em quase 60.000 anos. Aproveitamos a grande oportunidade para mostrar à população o planeta pelo telescópio. Esperávamos umas 500 pessoas por causa do tamanho das instalações, que era pequeno. Para nossa surpresa apareceram 1.500 pessoas ! O triplo!  Inclusive de cidades próximas! A fila …

Continue a ler

A Pisciana Indignada

Alguns anos atrás eu trabalhava num observatório situado numa cidade do interior. Todas as semanas, durante 4 dias, haviam as sessões de observação do céu. Escolhia as constelações e os objetos conforme a época e priorizava aquelas que são as mais brilhantes para driblar a poluição luminosa que cercava as instalações. Lógico que eu e …

Continue a ler

Veterok e Ugolyok

No dia 22 de fevereiro se completam 45 anos do lançamento da cápsula russa Kosmos 110, a qual levou a bordo os “cosmonautas caninos” Veterok e Ugolyok, que passaram 22 dias em órbita antes de seu pouso em 16 de março de 1966. Este recorde de permanência no espaço não foi superado pelos humanos até …

Continue a ler

Desvio Para o Vermelho de Quasars

No sábado 5 de Fevereiro  se completaram 48 anos da primeira medição do desvio para o vermelho (z) do quasar 3C 273, realizado pelo astrônomo holandês Maarten Schmidt, do observatório de Monte Palomar. Por este motivo confeccionamos uma lista com os 10 quasares com os maiores desvios para o vermelho. A lista contém: Nome Quasar; …

Continue a ler

Os descobrimentos mais ressaltantes da sonda Huygens

(LIADA) No dia 14 de janeiro se completam o sexto aniversário do pouso da sonda espacial Huygens no maior satélite de Saturno, Titã. Esta efeméride nos faz confeccionar uma lista dos descobrimentos mais ressaltantes produzidos pela mesma: 1) Titã contém oceanos, lagos e ríos de metano líquido e estes são alimentados por chuvas, tambén de …

Continue a ler

Load more