Google+

Arquivo por Categoria: Estrelas

Posts sobre estrelas.

Fev 17

Extraordinária Espiral em LL Pegasi

Não se sabe com certeza o que criou a estranha espiral na esquerda da imagem. No entanto, o mais provável é que seja um sistema estelar binário em que uma das estrelas está a entrar na fase de nebulosa planetária, em que a sua atmosfera exterior está a ser expelida. Dada a taxa de expansão …

Continue a ler »

Fev 17

Sharpless 308: bolha estelar

Sharpless 2-308 encontra-se a cerca de 5.200 anos-luz de distância na direção da constelação Canis Major. Esta enorme bolha cósmica, com cerca de 70 mil anos de idade, foi criada por velozes ventos de uma estrela quente e maciça, que se encontra no centro da nebulosa. A estrela é de Wolf-Rayet, tem 20 vezes mais …

Continue a ler »

Fev 17

Orion e os nomes oficiais das estrelas

Em 2016, a União Astronómica Internacional aprovou nomes oficiais para 227 estrelas brilhantes, incluindo as famosas estrelas Sirius, Polaris, e Betelgeuse. Na imagem vemos a constelação de Orion, com os nomes oficiais das estrelas. Na imagem também se vê a Nebulosa de Orion, que se encontra a 1.500 anos-luz de distância da Terra. Fontes: APOD, …

Continue a ler »

Fev 17

Gaivota e Sirius

Na esquerda da imagem vemos a Nebulosa da Gaivota, composta pela nebulosa de emissão NGC 2327 (a cabeça da gaivota) e pela mais difusa IC 2177 (asas e corpo da gaivota), que se encontra a cerca de 3.800 anos-luz de distância da Terra. Na direita da imagem vemos a luz azulada da estrela Sirius, a …

Continue a ler »

Fev 17

Tulipa e Cygnus X-1

Na imagem vemos a Nebulosa da Tulipa (também chamada Sh2-101), que se encontra a cerca de 8.000 anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação do Cisne. A nebulosa brilha devido à radiação ultravioleta de jovens estrelas bastante energéticas, incluindo a estrela supergigante HDE 227018 que se encontra no centro da nebulosa. Também na …

Continue a ler »

Fev 16

IC 410 – A Nebulosa dos Girinos

Ao contemplarmos a beleza desta imagem, no seu centro podemos observar duas intrigantes mas bem definidas estruturas de gás e poeira, fazendo-nos lembrar dois girinos a atravessar uma lagoa azul. Por este motivo, a IC 410 é conhecida pela Nebulosa dos Girinos. A IC 410 localiza-se na constelação de Auriga, a cerca de 12.000 anos-luz …

Continue a ler »

Fev 14

Constelação de Cefeu

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas fala sobre a constelação de Cefeu e de uma estrela muito especial.

Fev 14

M20: a nebulosa Trífida em infravermelho examinada pelo SPITZER

https://apod.nasa.gov/apod/image/1612/trifid_spitzerR.jpg

A Nebulosa Trífida (NGC 6514), catalogada como Messier 20, é relativamente fácil de ser encontrada com telescópios de menor porte. Trífida é uma nebulosa rica que reside na direção da constelação de Sagittarius. As imagens no espectro visível mostram a nebulosa dividida em três partes por trilhas de poeira escuras. Na verdade, o nome Trífida significa “dividida em três lóbulos”. Esta …

Continue a ler »

Fev 12

Ponte de Estrelas liga as duas Nuvens de Magalhães

A Pequena e a Grande Nuvens de Magalhães são as maiores galáxias-satélite da Via Láctea, mesmo sendo galáxias-anãs. Uma equipa internacional de astrónomos detectou uma ponte de estrelas entre elas. Essa “ponte” a ligá-las tem cerca de 43 mil anos-luz. Esta conclusão é baseada no censo estelar galáctico realizado pelo Observatório Espacial Gaia, da ESA. …

Continue a ler »

Fev 11

Descoberto pulsar de anã branca

O Universo contém mais sistemas binários que outra qualquer configuração estelar (estrelas sozinhas, como o Sol, são menos comuns). Já conhecemos imensos, e diferentes, sistemas binários. No entanto, foi agora descoberto pela primeira vez um sistema binário com um pulsar de anã branca. Este sistema binário encontra-se a cerca de 380 anos-luz de distância da …

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items

AstroPT – Informação e Educação Científica is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache