Category: Enxames

Enxames Estelares

NGC 1466

Nesta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble vemos o aglomerado globular NGC 1466, que se encontra a cerca de 160.000 anos-luz de distância da Terra. Este aglomerado de estrelas tem uma massa equivalente a 140.000 sois e tem cerca de 13,1 mil milhões anos de idade – é quase tão antigo como o Universo! Fonte: …

Continue a ler

Aglomerados dentro de aglomerado

Nesta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble vemos o centro do Aglomerado de Galáxias da Coma, que contém mais de 1000 galáxias e que se encontra a cerca de 320 milhões de anos-luz de distância da Terra. Uma equipa de astrónomos detectou mais de 22.000 aglomerados globulares de estrelas neste local. Alguns deles formaram uma …

Continue a ler

Gerações diferentes

Nesta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble vemos o aglomerado estelar NGC 1866, que contém centenas de milhares de estrelas. Ao contrário da maioria dos seus irmãos, este aglomerado globular é jovem. Ou melhor, ele contém diferentes populações/gerações de estrelas. Provavelmente o que aconteceu é que: após a formação da primeira geração de estrelas, o …

Continue a ler

Luzes celestiais

Nesta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble vemos o aglomerado globular NGC 1898, que se encontra perto do centro da Grande Nuvem de Magalhães – uma das galáxias anãs satélites da nossa Via Láctea. Esta galáxia anã tem uma população rica em aglomerados estelares, fazendo dela um laboratório ideal para estudar a formação estelar. Os …

Continue a ler

NGC 2108

Nesta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble vemos o colorido aglomerado globular NGC 2108, que se encontra na Grande Nuvem de Magalhães. A característica mais proeminente deste aglomerado de estrelas é o ponto vermelho à esquerda do centro do aglomerado. É uma estrela de carbono: uma estrela gigante vermelha, com uma atmosfera com mais carbono …

Continue a ler

Estrelas parecidas a cometas

Esta Fotografia da Semana foi criada a partir de dados obtidos com o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) no Chile, combinados com dados do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, e mostra um enxame de estrelas chamado Westerlund 1, um dos jovens enxames estelares mais massivos da nossa Via Láctea. Curiosamente, a imagem mostra igualmente algumas …

Continue a ler

Catálogo de Messier: M8, a Nebulosa da Lagoa

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas fala sobre a nebulosa mais brilhante da constelação de Sagitário.

Catálogo de Messier: as Plêiades

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas fala sobre as Plêiades, o aglomerado de estrelas mais conhecido do céu.

Catálogo de Messier: M48

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas conta a curiosa história do aglomerado M48.

Beleza antiga

Nesta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble vemos o aglomerado globular NGC 6139, que contém estrelas com idades superiores a 10 mil milhões (bilhões, no Brasil) de anos. Assim, este aglomerado contém algumas das estrelas mais antigas da nossa galáxia. Fonte: Space Telescope

Load more