Category: Enxames

Enxames Estelares

Beleza antiga

Nesta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble vemos o aglomerado globular NGC 6139, que contém estrelas com idades superiores a 10 mil milhões (bilhões, no Brasil) de anos. Assim, este aglomerado contém algumas das estrelas mais antigas da nossa galáxia. Fonte: Space Telescope

Universo em ultravioleta

O Telescópio Espacial Hubble decidiu presentar-nos com observações em luz ultravioleta de galáxias formadoras de estrelas no Universo local. A equipa de astrónomos conseguiu criar um catálogo, chamado LEGUS (Legacy ExtraGalactic UV Survey), que detalhou 50 galáxias a menos de 60 milhões de anos-luz de distância da Terra. São galáxias com uma forte formação estelar. …

Continue reading

Imagens extremamente nítidas obtidas com a nova óptica adaptativa do VLT

O Very Large Telescope do ESO (VLT) obteve a primeira luz com um novo modo de óptica adaptativa chamado Tomografia Laser e capturou imagens de teste extremamente nítidas do planeta Neptuno, de enxames estelares e doutros objetos celestes. O instrumento pioneiro MUSE em Modo de Campo Estreito, a trabalhar com o módulo de óptica adaptativa …

Continue reading

Uma paisagem celeste colorida

Novas observações obtidas com o Very Large Telescope do ESO mostram o enxame estelar RCW 38 em todo o seu esplendor. Esta imagem foi obtida durante os testes da câmara HAWK-I a trabalhar com o sistema de óptica adaptativa GRAAL e mostra o RCW 38 e as suas nuvens circundantes de gás resplandecente com incrível …

Continue reading

Catálogo de Messier: M35

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas fala sobre o único aglomerado estelar da classificação de Messier na constelação de Gémeos.

Uma vizinhança superlotada

Brilhando intensamente a cerca de 160 000 anos-luz de distância da Terra, a Nebulosa da Tarântula é a estrutura mais impressionante da Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia satélite da nossa Via Láctea. O Telescópio de Rastreio do VLT, instalado no Observatório do Paranal do ESO, no Chile, observou esta região e os seus arredores …

Continue reading

Omega Centauri não deverá ter vida

O raciocínio lógico diz-nos que em locais com muitas estrelas, existe maior probabilidade de termos planetas e quiçá até em algum deles existir vida (tal como a conhecemos). Ora, aglomerados globulares de estrelas deverão, então, ser locais propícios à existência de planetas, quiçá até planetas habitáveis. Uma equipa de cientistas decidiu estudar o denso aglomerado …

Continue reading

Catálogo de Messier: M50 e a Nebulosa da Gaivota

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas foca a região na direção da constelação do Unicórnio (Monoceros).

Catálogo de Messier: M93 e Caroline Herschel

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas dá a conhecer a primeira descoberta de uma das pioneiras da astronomia.

Catálogo de Messier: M46 e a Nebulosa do Ovo Podre

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas dá a conhecer uma curiosa nebulosa.

Load more