Google+

Arquivo por Categoria: Nascimento

Nascimento de estrelas.

Fev 21

Formação Estelar nos filamentos de RCW106

Nesta imagem feita pelo observatório espacial Herschel, vê-se a gigantesca nuvem molecular RCW106, que se encontra a quase 12 mil anos-luz de distância da Terra. Esta nebulosa de gás e poeira é um berçário estelar, com inúmeras estrelas a nascer (regiões a azul). As formas vistas na imagem são fruto da radiação e fortes ventos …

Continue a ler »

Fev 16

IC 410 – A Nebulosa dos Girinos

Ao contemplarmos a beleza desta imagem, no seu centro podemos observar duas intrigantes mas bem definidas estruturas de gás e poeira, fazendo-nos lembrar dois girinos a atravessar uma lagoa azul. Por este motivo, a IC 410 é conhecida pela Nebulosa dos Girinos. A IC 410 localiza-se na constelação de Auriga, a cerca de 12.000 anos-luz …

Continue a ler »

Fev 14

M20: a nebulosa Trífida em infravermelho examinada pelo SPITZER

https://apod.nasa.gov/apod/image/1612/trifid_spitzerR.jpg

A Nebulosa Trífida (NGC 6514), catalogada como Messier 20, é relativamente fácil de ser encontrada com telescópios de menor porte. Trífida é uma nebulosa rica que reside na direção da constelação de Sagittarius. As imagens no espectro visível mostram a nebulosa dividida em três partes por trilhas de poeira escuras. Na verdade, o nome Trífida significa “dividida em três lóbulos”. Esta …

Continue a ler »

Fev 10

Melotte 15 no Coração

Nas regiões centrais da nebulosa de emissão IC 1805 existem nuvens cósmicas com formas fantásticas. Essas nuvens são esculpidas por ventos estelares e radiação de estrelas quentes e maciças recentemente nascidas no jovem aglomerado estelar Melotte 15. Melotte 15 tem somente 1,5 milhões de anos de idade. IC 1805 é conhecida popularmente como Nebulosa do …

Continue a ler »

Fev 09

NGC 346 – Um berçário estelar na Pequena Nuvem de Magalhães

NGC 346 foi o alvo selecionado pelo grupo iTelescope – Portugal para o seu 5º trabalho. A cerca de 200.000 anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação de Tucana, surge este magnífico aglomerado aberto pertencente à Pequena Nuvem de Magalhães, uma galáxia irregular que se encontra bastante distorcida devido à interação gravitacional com …

Continue a ler »

Jan 28

N159 na Grande Nuvem de Magalhães

Nesta imagem vemos N159, um berçário estelar com 150 anos-luz de diâmetro, que se encontra na nossa galáxia satélite, Grande Nuvem de Magalhães, a cerca de 180 mil anos-luz de distância da Terra. N159 contém muitas estrelas jovens, quentes e maciças. Estas estrelas emitem intensa radiação que faz com que o gás (hidrogénio) brilhe, e …

Continue a ler »

Jan 24

M78

Na enorme Nuvem Molecular de Orion, existem várias nebulosas azuis brilhantes. Nesta imagem estão duas das mais proeminentes nebulosas de reflexão: nuvens de poeira que brilham devido à luz refletida de estrelas que por lá se encontram. A mais famosa destas nebulosas é a M78, no centro da imagem. À esquerda está a menos conhecida …

Continue a ler »

Jan 19

Nebulosa da Tromba do Elefante

A Nebulosa da Tromba do Elefante, também chamada de vdB 142, tem um comprimento de 20 anos-luz e encontra-se a cerca de 3000 anos-luz de distância da Terra. O que se vê é poeira interestelar e gás frio que se tornam berçários estelares, fomentando a formação de estrelas. Na verdade, estas nuvens escuras escondem proto-estrelas …

Continue a ler »

Jan 14

Poeira na Nuvem Molecular de Perseus

Esta imagem mostra nuvens de poeira interestelar na nuvem molecular de Perseus, a cerca de 850 anos-luz de distância da Terra. As nuvens moleculares são berçários estelares. A nuvem molecular de Perseus está a formar estrelas, apesar dessas estrelas estarem “escondidas” atrás da poeira e não serem visíveis. À esquerda está a azulada nebulosa de …

Continue a ler »

Jan 06

Os segredos escondidos das Nuvens de Orion

Rastreio VISTA mostra a vista mais detalhada obtida até à data no infravermelho próximo da nuvem molecular Orion A. Esta bela imagem é um dos maiores mosaicos a alta resolução no infravermelho próximo da nuvem molecular Orion A, a fábrica de estrelas massivas mais próxima que se conhece, situada a cerca de 1350 anos-luz de …

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items

AstroPT – Informação e Educação Científica is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache