Category: Nascimento

Nascimento de estrelas.

Trífida

Nebulosa Trífida: A Trifid Nebula, ou M20, é uma combinação de um enxame aberto de estrelas, uma nebulosa de emissão, uma nebulosa de reflexão, e uma nebulosa escura. Esta nebulosa é um berçário de estrelas jovens e está constantemente a produzir novas estrelas. A nebulosa está a 8 anos-luz da estrela central. Esta nebulosa é …

Continue reading

T Tauri

A APOD traz a formação de uma jovem estrela T Tauri (centro da imagem).

Cygnus OB2

Por vezes há locais interessantíssimos mesmo aqui ao lado e não damos por isso. Na constelação Cisne, entre Deneb e Sadr, existe um desses sítios, tão excepcional como obscuro. A apenas 6 mil anos-luz de distância, a associação Cygnus OB2 ocupa uma região do espaço com algumas centenas de anos-luz de extensão e apresenta uma …

Continue reading

Nebulosa Roseta

A Nebulosa Roseta, é composta por nebulosas e enxames (NGC2237/ NGC2238/NGC2239/ NGC2244/ NGC2246), situados na constelação de Monoceros ou Unicórnio, no braço de Perseu. É uma grande nebulosa e região activa de formação de estrelas, cujos brilho e cores provêm da reflexão do hidrogénio e de outros gases e poeiras, provocada pelo brilho das estrelas …

Continue reading

Nebulosa da Lagoa

A Nebulosa da Lagoa (ou M8) tirada pelo HST em 1995. A nebulosa está a quase 5000 anos-luz da Terra, na direcção da constelação de Sagitário. Na imagem vemos o centro desta maternidade estelar. O diâmetro deste centro é de cerca 5 anos-luz. Outras imagens interessantes desta nebulosa na APOD e na Wikipedia:

NGC 604

A nebulosa NGC 604, na galáxia M33, forma estrelas e permite tirar estas fotos magníficas em raios-X.

Baby Boom

A galáxia Baby Boom encontra-se a 12.3 mil milhões de anos-luz de distância. Um grupo de telescópios estudou-a e percebeu que ela dava à luz 4.000 estrelas por ano! (por comparação, a nossa galáxia regista o nascimento de cerca de 10 estrelas por ano). Incrível! Podem ler mais sobre isto, aqui, aqui, e aqui.

Estrela nascer

Friedrich Niezstche: “É preciso muito caos interior para poder parir uma estrela que dança” De um filósofo alemão foi escrita esta bela frase. Das reacções termonucleares tumultuosas, resultam energia e luz… algo que faz parir realmente uma estrela. É a partir do momento da ignição dessas reacções que nasce uma estrela. Foi assim com o …

Continue reading

Nascimento de Estrelas

Uma nova imagem tirada pelo Telescópio Espacial Spitzer da NASA mostra estrelas a aparecer na cabeça da constelação de Orion. Este nascimento será devido à onda de choque provocada por uma supernova há 3 milhões de anos atrás. Podem ler mais sobre isto, aqui, aqui, aqui. Linhas de campos magnéticos invisíveis, torcidas como a hélice …

Continue reading

Load more