Category: Pulsares

Posts relativos a pulsares.

Jul 23

Novo Observatório vai estudar Estrelas de Neutrões a partir da ISS

No passado dia 3 de Julho, um módulo desenvolvido e lançado pela SpaceX Dragon acoplou com a ISS (International Space Station). Para além dos necessários mantimentos para os astronautas, a nave transportava um instrumento que poderá revolucionar o nosso conhecimento sobre alguns dos objectos mais extraordinários do Universo — as estrelas de neutrões. Designado por NICER (Neutron …

Continue a ler »

Jul 09

O que são os Pulsares?

Os pulsares podem ser considerados um dos membros mais fascinantes da comunidade cósmica. Os pulsares são estrelas de nêutrons altamente magnetizadas que se formam quando uma estrela mais massiva que o Sol colapsa. Mas vamos contar um pouco da história dos pulsares. Em 1967, a estudante de doutoramento da Universidade de Cambridge Jocelyn Bell, notou …

Continue a ler »

Jun 29

Telescópio Hubble ajuda a desvendar o mistério dos “Fast Radio Bursts”

O FRB121102 é o único Fast Radio Burst (FRB doravante) conhecido que emite, intermitentemente, múltiplos pulsos de ondas de rádio. Essa particularidade permitiu, no início do ano, determinar com precisão a sua posição na esfera celeste e demonstrar que tinha origem numa pequena galáxia situada a cerca de 3 mil milhões de anos-luz (z = …

Continue a ler »

Jun 27

Arp 299: o casamento de duas galáxias

Arp 299 é composto por duas galáxias que estão a colidir, estão a fundir-se há milhões de anos. Este sistema binário de galáxias em colisão encontra-se a cerca de 140 milhões de anos-luz da Terra. O Observatório de raios-X Chandra revelou 25 locais brilhantes em raios-X no Arp 299 (rosa), dos quais 14 são considerados …

Continue a ler »

Mai 11

Caranguejo em vários comprimentos de onda

Esta é a M1, também conhecida como Nebulosa do Caranguejo, que se encontra a cerca de 6.500 anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação do Touro. É um remanescente de supernova. A luz de supernova foi observada da Terra no ano 1054. Após a morte explosiva da estrela maciça, a nuvem de detritos …

Continue a ler »

Mai 03

Matéria Negra ilude cientistas outra vez

Na década de 30 do século XX, o astrónomo americano de origem suíça Fritz Zwicky descobriu que os movimentos das galáxias no interior de enxames só poderiam ser explicados se existisse uma enorme quantidade de matéria negra (o nome mais apropriado seria “invisível”) envolvendo-as. Quatro décadas mais tarde, a astrónoma americana Vera Rubin descobriu que …

Continue a ler »

Mai 02

Estrela de Neutrões a esfriar

O remanescente de supernova Cassiopeia A encontra-se a 11 mil anos-luz de distância da Terra. A luz da supernova que lhe deu origem, chegou à Terra há 350 anos atrás. Perto do centro desta nuvem de detritos em expansão, encontra-se uma estrela de neutrões – o bastante denso remanescente colapsado de um núcleo estelar maciço. …

Continue a ler »

Abr 09

3 novas FRBs descobertas por interferometria

Um grande rádio-observatório na Austrália foi responsável por descobrir 3 novas FRBs (Fast Radio Bursts), usando a técnica da interferometria. Essas descobertas foram usadas para confirmar que as FRBs são fenômenos extraterrestres, ou seja, acontecem fora do nosso planeta. A sua origem e natureza ainda são mistérios, mas com o software desenvolvido será possível analisar …

Continue a ler »

Abr 08

Solucionado mistério da Galáxia de Andrômeda

A galáxia de Andrômeda é a galáxia enorme mais próxima da Via Láctea, nossa vizinha cósmica, um objeto a que estamos ligados, já que daqui a alguns bilhões de anos nos tornaremos um só objeto. Além disso, é uma galáxia que parece com a Via Láctea, e é um excelente laboratório para estudar os fenômenos …

Continue a ler »

Mar 09

A Nebulosa do Caranguejo

A Nebulosa do Caranguejo (também catalogada como M1 ou Taurus A) é um remanescente de supernova que no seu interior alberga um pulsar. O objeto localiza-se na constelação de Touro, dista cerca de 6.500 anos-luz da Terra e tem um diâmetro de 11 anos-luz que se expande a uma taxa aproximada de 1.500 km/s. A …

Continue a ler »

Load more