Category: Detecção

Posts relacionados com a detecção de planetas extrasolares.

Telescópio espacial Kepler confirma primeira deteção, 10 anos depois

Uma equipa internacional, que incluiu Tiago Campante do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), confirmou o primeiro candidato a exoplaneta identificado pelo telescópio espacial Kepler (NASA), observado há cerca de 10 anos. A confirmação do exoplaneta Kepler-1658 b foi aceite para publicação na revista The Astronomical Journal. Para Tiago Campante (IA & Faculdade …

Continue a ler

Plataforma Exoplanetologia

Um exoplaneta é um planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol, fazendo parte dum sistema planetário distinto do nosso. O primeiro exoplaneta descoberto a orbitar uma estrela da sequência principal (51 Pegasi) foi anunciado em 1995 por Michel Mayor e Didier Queloz. Desde então, dezenas de planetas foram descobertos. Desde 3 de fevereiro de 2019, existem …

Continue a ler

Deteção do Exoplaneta WASP-43b

Num artigo anterior, vimos como um astrónomo amador poderia fazer a deteção de um exoplaneta (Qatar 1b) pelo método do Trânsito. Introduzindo e contextualizando, de todas as configurações orbitais possíveis, existe uma em particular que ocorre quando o planeta passa à frente da sua estrela na orientação da nossa linha de visão. Este acontecimento, dá …

Continue a ler

ALMA descobre trio de planetas bebés em torno de estrela recém nascida

Técnica inovadora para descobrir os planetas mais jovens da nossa galáxia. Com o auxílio do ALMA, duas equipas independentes de astrónomos descobriram provas convincentes de que três planetas jovens orbitam a estrela bebé HD 163296. Utilizando uma técnica inovadora de procura de planetas, os astrónomos identificaram três distúrbios no disco de gás situado em torno …

Continue a ler

Deteção de Exoplanetas: Imagem direta

Nos artigos anteriores desta série revimos dois métodos indiretos, a velocidade radial e a astrometria, que se baseiam na análise e caracterização do centro de massa do sistema planetário. No método da Deteção Direta já não iremos recorrer a essa técnica mas sim à deteção de fotões provenientes diretamente do exoplaneta. Os planetas são fontes …

Continue a ler

Deteção de Exoplanetas: Efeito Rossiter-McLaughlin

No ano de 2000, dois grupos de astrónomos anunciaram a descoberta do primeiro trânsito planetário: o HD 209458b. Na Terra, já tínhamos assistido por repetidas vezes ao trânsito de Vénus sobre o Sol. Hoje sabemos que a maior parte das estrelas têm planetas a orbitá-los mas a forma como o fazem pode ser bem diferente …

Continue a ler

NASA lança novo Caçador de Planetas

Na quarta-feira, 18 de Abril, a NASA irá proceder ao lançamento do TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite), um observatório que irá monitorizar o brilho de cerca de 200 mil estrelas na vizinhança imediata do Sol durante 2 anos. O TESS é o sucessor de um outro grande observatório dedicado à descoberta de planetas, o Kepler, …

Continue a ler

Cientistas portugueses à boleia de missão da NASA para caçar exoplanetas

Será lançado hoje para o espaço o TESS (NASA), um observatório espacial que conta com a participação do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA). O lançamento, efetuado por um foguetão Falcon 9 da empresa privada SpaceX, está previsto para as 23:32 (hora de Portugal continental), a partir do Centro Espacial Kennedy na Flórida …

Continue a ler

Deteção de Exoplanetas: Microlente Gravitacional

O efeito de microlente gravitacional acontece quando os campos gravitacionais de um planeta e da sua estrela atuam de modo a amplificar a luz de outra mais distante, isto é: se observarmos uma estrela distante e a nossa linha de visão for intersetada por um sistema planetário, o brilho resultante da observação irá aumentar durante …

Continue a ler

Exoplanetas: combinação de Velocidade Radial e Astrometria

Em artigos anteriores vimos em pormenor as assinaturas dos métodos da velocidade radial e da astrometria. Sabemos que enquanto o primeiro nos permite calcular a massa mínima de um exoplaneta, o segundo fornece-nos a inclinação do sistema, pelo que ao serem combinados, ficamos em condições de obter a massa do planeta (concretizar o fator sin(i)). …

Continue a ler

Load more