Google+

Arquivo por Categoria: Evolução

Posts sobre Evolução de Galáxias.

Jun 23

Hubble identifica Disco Galáctico Morto

Como as galáxias massivas, normalmente as elípticas, se desenvolvem? Será que é por meio da fusão de galáxias menores, ou será que existe algum processo que transforme uma galáxia espiral numa galáxia elíptica? Essas são questões que ainda intrigam os astrônomos, principalmente depois da recente descoberta feita, utilizando o telescópio espacial Hubble. O telescópio espacial …

Continue a ler »

Mai 17

Grupo de Galáxias Hickson 90

Ao procurarem galáxias nos céus, uma equipa de astrónomos liderada por Paul Hickson identificou cerca de 100 grupos compactos de galáxias, que agora são chamados de Grupos Compactos de Hickson (HCGs). Nesta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble, vemos um desses grupos de galáxias: HCG 90. Neste grupo, três galáxias estão a interagir fortemente: uma …

Continue a ler »

Mai 16

FADO: uma ferramenta inovadora para reconstruir a história das galáxias

FADO é uma nova ferramenta de análise, desenvolvida pelos astrofísicos do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) Jean Michel Gomes e Polychronis Papaderos, que usa a luz emitida quer pelas estrelas, quer pelo gás ionizado de uma galáxia, para reconstruir a sua história de formação através do uso de algoritmos genéticos. Esta ferramenta …

Continue a ler »

Mai 08

Encontro Próximo

Esta imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble mostra a estranha galáxia IRAS 06076-2139, que se encontra a cerca de 500 milhões de anos-luz de distância. Na verdade, este objeto é composto por duas galáxias que estão a colidir gravitacionalmente. Elas estão a passar perto uma da outra a cerca de 2 milhões de km/h. Esta …

Continue a ler »

Mai 04

Buracos Negros Supermassivos em Galáxias Anãs Ultra Compactas

Já vimos que existem galáxias gigantescas como as rádio-galáxias, que chegam a ter milhões de anos-luz de comprimento. Mas do outro lado da balança, existe no universo um tipo de galáxia bem pequena, as chamadas galáxias-anãs ultra-compactas. Estas galáxias são formadas por centenas de milhões de estrelas, todas elas empacotadas numa região com “somente” 100 …

Continue a ler »

Mar 29

Super bolha de gás em expansão detetada à volta de gigantescos buracos negros no Universo primordial

Num estudo, liderado por Sandy Morais, uma aluna de doutoramento do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) e Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), os investigadores descobriram gigantescas bolhas de gás  e poeira à volta de duas rádio galáxias longínquas, a cerca de 11,5 mil milhões de anos-luz de distância. Andrew …

Continue a ler »

Fev 12

Ponte de Estrelas liga as duas Nuvens de Magalhães

A Pequena e a Grande Nuvens de Magalhães são as maiores galáxias-satélite da Via Láctea, mesmo sendo galáxias-anãs. Uma equipa internacional de astrónomos detectou uma ponte de estrelas entre elas. Essa “ponte” a ligá-las tem cerca de 43 mil anos-luz. Esta conclusão é baseada no censo estelar galáctico realizado pelo Observatório Espacial Gaia, da ESA. …

Continue a ler »

Fev 02

NGC 1316

Este é um exemplo de violência numa escala cósmica! A enorme galáxia elíptica NGC 1316 encontra-se a cerca de 75 milhões de anos-luz de distância da Terra. Os astrónomos suspeitam que NGC 1316 colidiu gravitacionalmente com a galáxia NGC 1317 (na imagem, um pouco mais acima). Na verdade, existiu uma aproximação das duas, e não …

Continue a ler »

Jan 31

Uma nova ferramenta para o estudo de galáxias

a – Imagem em cores verdadeiras da galáxia cometária NGC3991, obtida pelo Sloan Digital Sky Survey (SDSS) b – Mapa do brilho à superfície da galáxia NGC3991, calculado com unidades de campo integral para espectroscopia 3D do rastreio CALIFA. ; c – Usando o RemoveYoung, eliminou-se a emissão associada a formação estelar com idade inferior a …

Continue a ler »

Jan 25

Astrônomos descobrem aglomerados de Galáxias Anãs

Como as galáxias cresceram no universo até chegar no tamanho que observamos hoje? O modelo mais aceite até ao momento é que depois do Big Bang (que aconteceu há cerca de 13.8 bilhões de anos), as pequenas coisas começaram a se juntar formando coisas cada vez maiores. Mas não se consegue observar o que se …

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items