Category: Geminídeas

Posts sobre as Geminídeas.

Bólide no Ártico

Yang Sutie foi até Murmansk, na Rússia, perto do Círculo Polar Ártico, na noite de 14 de Dezembro, para fotografar auroras boreais. No entanto, num assomo de sorte, conseguiu fotografar este fabuloso bólide, que provavelmente faz parte da chuva de meteoros das Geminídeas. Fonte: APOD

Meteoros das Geminídeas

48 meteoros da chuva de meteoros Geminídeas são vistos nesta bela imagem composta feita aos céus do nordeste da China, durante algumas horas, na noite de 13 de Dezembro de 2017. O radiante dos meteoros é a constelação dos Gémeos, com as estrelas Pollux e Castor. Esta poeira que entra na nossa atmosfera foi deixada …

Continue reading

Chuva gelada

Nesta imagem – que é o resultado de uma exposição de 10 segundos – veem-se 4 meteoros das Geminídeas: um bólide e três meteoros mais ténues a atravessar os céus sobre o parcialmente congelado Lago Edith, no Canadá. Fonte: APOD

Geminídeas do Norte

Esta imagem foi feita na passada noite de 12 de Dezembro, ao lado da antena do rádio-telescópio MUSER, na Mongólia Interior, China. O nosso planeta foi passando pela poeira deixada pelo asteroide ativo 3200 Phaethon, criando a anualmente conhecida como chuva de meteoros Geminídeas. Nesta imagem feita com 37 frames individuais da chuva de meteoros …

Continue reading

Meteoros sobre a Mongólia Interior

Esta é uma imagem composta por várias fotos feitas durante 3 horas sobre o Lago Duolun, na Mongólia Interior, China. Na imagem veem-se cerca de 90 meteoros da chuva de estrelas das Perseidas. Os meteoros parecem vir da constelação de Perseus. Esta noite podem ver o pico da chuva de meteoros das Geminídeas. Fonte: APOD

Céu de Inverno

Neste gráfico vemos alguns dos eventos mais importantes que se passarão nos céus do Hemisfério Norte durante este Inverno. Destaco a chuva de estrelas Geminídeas esta noite, o Solstício de Inverno no dia 21 de Dezembro, a constelação de Orion presente no céu, e os diversos planetas que estarão visíveis no céu. Fonte: APOD

Geminídeas no Sul

Em Dezembro, como sempre, tivemos a chuva de estrelas Geminídeas. E não desapontaram. As Geminídeas parecem provir (radiante) da constelação de Gémeos. Os meteoros são escombros do asteroide ativo 3200 Phaethon, que entram na atmosfera terrestre a uma velocidade de cerca de 22 quilómetros por segundo. Na imagem vemos esta chuva de meteoros sobre o …

Continue reading

Geminídeas sobre a China

Em Dezembro, tivemos a chuva de estrelas Geminídeas. As Geminídeas parecem provir (radiante) da constelação de Gémeos. Os meteoros são detritos com origem no asteroide 3200 Phaethon. Na imagem vemos esta chuva de meteoros sobre o Observatório Xinglong, na China.

Chuva de meteoros Geminídeos sobre o Monte Paranal por Stéphane Guisard

http://apod.nasa.gov/apod/image/1512/ParanalGeminids_Guisard_1200.jpg

A partir de um ponto radiante na constelação de Gêmeos, a anual chuva de meteoros Geminídeos caiu no planeta Terra. Na noite de 13/14 de dezembro de 2015 os Geminídeos atingiram seu pico espetacular. A composição em destaque, capturada por Stéphane Guisard (Los Cielos de America), mostra a chuva de meteoros durante seu pico, observada em 2012. A notável paisagem …

Continue reading

A chuva de inverno – APOD

Conhecida no norte como uma chuva de meteoros de inverno, os meteoros Geminídeos de 2014 caem sobre esta paisagem acidentada e fria. A cena foi registrada a partir do cume do Monte Changbai, ao longo da fronteira nordeste da China com a Coreia do Norte, uma composição de quadros digitais que capturam os meteoros brilhantes …

Continue reading

Load more