Google+

Arquivo por Categoria: Nebulosas

Posts com nebulosas.

Ago 01

Uma história de três cidades estelares

A partir de novas observações obtidas com o Telescópio de Rastreio do VLT do ESO, os astrónomos descobriram três populações distintas de estrelas bebés no Enxame da Nebulosa de Orion. Esta descoberta inesperada ajuda a compreender melhor como é que se formam este tipo de enxames, sugerindo que a formação estelar pode acontecer em surtos, …

Continue a ler »

Jul 27

Trio de Sagitário

Na direção da constelação de Sagitário, com um telescópio podemos ver 3 brilhantes nebulosas: M8 (a grande Nebulosa da Lagoa, um pouco para a esquerda do centro), NGC 6559 (à direita de M8), e M20 (a colorida Nebulosa Trífida, em baixo). São 3 berçários estelares que se encontram a cerca de 5000 anos-luz de distância …

Continue a ler »

Jul 22

IC 1396

IC 1396 é uma bela nebulosa de emissão que se encontra a cerca de 3000 anos-luz de distância na direção da constelação de Cepheus. A Nebulosa da Tromba do Elefante é visível abaixo do centro. Esta nebulosa, assim como outras estruturas mais escuras na IC 1396, estão a formar estrelas. Fonte: APOD

Jul 21

Gabriela Mistral na Nebulosa de Carina

NGC 3324 é um aglomerado aberto intimamente associado à nebulosa de emissão IC 2599, localizado a cerca de 7.200 anos-luz e que faz parte da Nebulosa de Carina. Os dois objetos são muitas vezes confundidos como um único mas juntos são conhecidos por Nebulosa Gabriela Mistral devido à enorme semelhança com a poetiza chilena agraciada …

Continue a ler »

Jul 14

A Nebulosa Trífida, um “must have”

A Nebulosa Trífida (Messier 20, NGC 6514) é um alvo de eleição para a generalidade dos astrofotografos devido à sua extraordinária beleza, localização privilegiada (constelação de Sagitário) a partir dos dois hemisférios e possibilidade de ser observada com telescópios de pequena dimensão. A sua distância não é conhecida com precisão devido às estrelas mais jovens …

Continue a ler »

Jul 12

À caça de estrelas

Nesta imagem uma das constelações mais famosas do céu noturno — Orion com o seu cinturão e a sua espada — sobe por cima do Telescópio Submilimétrico Sueco-ESO (SEST) situado no Observatório de La Silla do ESO, no Chile. Este grupo mítico de estrelas situa-se no equador celeste, o que o torna visível de ambos …

Continue a ler »

Jul 02

Montanha Mística

Na Nebulosa da Carina está a ser travada uma luta entre estrelas e poeira, sendo que as estrelas estão a ganhar. Os ventos energéticos de estrelas massivas recém-formadas estão a dispersar a poeira dos berços estelares em que se formaram. Esta montanha de poeira não irá existir dentro de alguns milhões de anos. A aparência …

Continue a ler »

Jun 29

Entendendo os detalhes do processo de Formação de Estrelas

Os astrônomos estão atualmente utilizando o que se tem de mais moderno na tecnologia, para explorar uma área muito importante da astronomia: a formação de estrelas. Não basta agora somente saber que a formação de estrelas se dá pelo processo de colapso de uma gigantesca nuvem de gás e poeira; eles querem saber os detalhes. …

Continue a ler »

Jun 28

Messier 20 e Messier 21

Na imagem vemos a Nebulosa Trífida, também conhecida como M20, que se encontra a cerca de 5000 anos-luz de distância da Terra. Com cerca de 300 mil anos de idade, é uma das mais jovens regiões de formação estelar no nosso céu. No topo esquerdo, vemos o aglomerado estelar aberto M21, que tem cerca de …

Continue a ler »

Jun 25

SuperBolha N44

Na Grande Nuvem de Magalhães está a enorme Nebulosa de emissão N44. N44 tem um gigantesco “buraco” com 250 anos-luz de diâmetro. Não se sabe bem a causa deste “buraco”. Uma possibilidade é que sejam ventos expelidos por estrelas maciças no interior da bolha que estejam a empurrar o gás. No entanto, a velocidade dos …

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items