Google+

Arquivo por Categoria: Orion

Posts sobre a Nebulosa de Orion.

Mar 21

A Estrela Mais Brilhante da Espada de Orionte “Bate Como um Coração”

Num destes dias, no início da noite, olhe com atenção para a figura imponente da constelação de Orionte. Por debaixo das “Três Marias”, as três estrelas que formam o cinturão de Orionte, poderá ver um pequeno grupo de três estrelas menos brilhantes, na vertical, que marcam a espada do gigante mitológico. A “estrela” central deste …

Continue a ler »

Mar 17

No Coração de Orion

No coração da Nebulosa de Orion existe o jovem aglomerado estelar do Trapézio, com “apenas” 3 milhões de anos de idade. No seu centro existem 4 estrelas dominantes: estrelas quentes e maciças. As estrelas emitem radiação ultravioleta ionizante que faz brilhar toda a região. A estrela principal, mais brilhante, chama-se Theta-1 Orionis C. No centro …

Continue a ler »

Mar 15

Iota Orionis é como um coração pulsante na Constelação de Orion

Uma equipa de astrônomos do projeto de constelações BRITE (BRight Target Explorer) e do Observatório Ritter descobriu um aumento cíclico de 1% na emissão de radiação por uma estrela muito massiva do sistema Iota Orionis que poderá mudar o nosso entendimento sobre essa classe de estrelas. O sistema binário Iota Orionis é facilmente visível a …

Continue a ler »

Fev 17

Orion e os nomes oficiais das estrelas

Em 2016, a União Astronómica Internacional aprovou nomes oficiais para 227 estrelas brilhantes, incluindo as famosas estrelas Sirius, Polaris, e Betelgeuse. Na imagem vemos a constelação de Orion, com os nomes oficiais das estrelas. Na imagem também se vê a Nebulosa de Orion, que se encontra a 1.500 anos-luz de distância da Terra. Fontes: APOD, …

Continue a ler »

Jan 24

M78

Na enorme Nuvem Molecular de Orion, existem várias nebulosas azuis brilhantes. Nesta imagem estão duas das mais proeminentes nebulosas de reflexão: nuvens de poeira que brilham devido à luz refletida de estrelas que por lá se encontram. A mais famosa destas nebulosas é a M78, no centro da imagem. À esquerda está a menos conhecida …

Continue a ler »

Out 21

A Nebulosa de Orionte no Infravermelho pelo Telescópio Herschel

Na direcção da constelação de Orionte, a uma distância entre os 1000 e 1500 anos-luz, existe uma concentração anormal de grandes nuvens de gás e de poeira interestelar. Estas nuvens são tão frias que, na superfície dos grãos de poeira, se formam hidrogénio molecular, monóxido de carbono, água, entre outras moléculas mais complexas, percursoras mesmo …

Continue a ler »

Set 07

A nebulosa Cabeça de Cavalo

A Nebulosa Cabeça de Cavalo (também conhecida como Barnard 33) é um objeto bastante apreciado devido à sua forma fazer lembrar uma cabeça de cavalo. Encontra-se à distância aproximada de 1.500 anos-luz e faz parte da Nuvem de Orion, uma grande nuvem de gás e de poeira onde ocorre formação de estrelas e que engloba …

Continue a ler »

Ago 16

Fronteira turbulenta

Estas imagens mostram o limite da vasta nuvem molecular que se situa por trás da Nebulosa de Orion, a 1400 anos-luz de distância da Terra. A imagem da esquerda mostra uma vista de grande angular da região, obtida pelo instrumento HAWK-I, instalado no Very Large Telescope do ESO. Nesta imagem encontra-se destacada com um rectângulo …

Continue a ler »

Jul 26

A nebulosa de Orion (M42); MASERs, Bremsstralung e sincrotrão

  A Nebulosa em Orion (M42) é muito apreciada pelos astrónomos. Pode ser vista sem ajuda de equipamentos como uma pequena mancha difusa na direção da constelação de Orion. Encontra-se entre 1500 e 1800 anos-luz do Sistema Solar e é um exemplo de formação estelar, onde a poeira interestelar forma estrelas à medida que se …

Continue a ler »

Jul 13

A imagem mais profunda de sempre de Orion

Imagens infravermelhas do VLT revelam quantidade inesperada de objetos de pequena massa. O instrumento infravermelho HAWK-I do ESO montado no Very Large Telescope (VLT), no Chile, foi utilizado para sondar as profundezas do coração da Nebulosa de Orion. A imagem obtida revela cerca de dez vezes mais anãs castanhas/marrons e objetos de massa planetária isolados …

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items