Tag: Anti-matéria

Jul 15

Comunicado do CERN: Experiências beneficiam de muito mais precisão.

Comunicado do CERN: Genebra e Veneza, 11 de Julho de 2017. A comunidade mundial de física de partículas reuniu-se esta semana em Veneza (Itália) para a Conferência Internacional EPS sobre Física de Alta Energia. Dezenas de novos resultados dos conjuntos de dados completos das experiências no LHC (Large Hadron Collider – Grande Colisionador de Hadrões) …

Continue a ler »

Dez 20

Luz da antimatéria observada pela primeira vez.

COMUNICADO DE IMPRENSA DO CERN A Experiência ALPHA observa pela primeira vez o espectro de luz da antimatéria. Genebra, 19 de dezembro de 2016. Num artigo publicado na revista Nature, a colaboração ALPHA relata a primeira medição sobre o espectro óptico de um átomo de antimatéria. Esta conquista apresenta desenvolvimentos tecnológicos que abrem uma era …

Continue a ler »

Set 04

O Mundo das Partículas – Parte II

Quem já leu a Parte 1 deste artigo poderá ter-se ficado a questionar: “os bosões são assim, os fermiões são «assado», e depois? Que consequências isso tem?” Na verdade estas partículas diferem em algo muito importante: enquanto que os fermiões são as partículas que interagem com as forças, os bosões são as partículas que as medeiam. Newton …

Continue a ler »

Mai 11

Núcleo atómico em forma de pêra dá pistas para o mistério da anti-matéria.

      O mundo do dia-a-dia, diz-nos a Física das Partículas que constituem toda a energia em forma de matéria (por exemplo o computador que usam para ler este artigo) e em forma de radiação ( a electricidade que permite ao mesmo computador funcionar) é, ao contrário do que poderá sugerir a intuição, assimétrico. …

Continue a ler »

Abr 13

Resultados do AMS

O Espectómetro Magnético Alfa (AMS-02) é um detector de física de partículas concebido para funcionar como um módulo externo na Estação Espacial Internacional. Ele vai usar o ambiente único do espaço para estudar o universo e a sua origem através da procura de antimatéria e matéria escura durante a execução de medições precisas da composição …

Continue a ler »

Fev 01

Gravidade repulsiva como alternativa à energia escura

Quando os cientistas descobriram em 1998 que o Universo se expandia a um ritmo acelerado, a possibilidade de que a energia escura poderia explicar a observação foi, no mínimo, um conceito intrigante. Como tem havido pouco progresso em descobrir exatamente o que é a energia escura, tornou-se então mais um problema do que uma solução para alguns cientistas. Um físico, Massimo Villata, do Instituto Nacional de Astrofísica (INAF), em Pino Torinese, Itália, descreve a energia escura como …

Continue a ler »

Ago 08

O anel da Terra

Um artigo publicado pela New Scientist, no dia 04 de Agosto, revela que a Terra tem um anel de antiprotões confinado pelo campo magnético terrestre. A antimatéria, que pode persistir por alguns minutos ou horas antes de se aniquilar e formar a matéria normal, poderia, em teoria, ser usado para abastecer foguetes ultra-eficientes do futuro (ler aqui e aqui). Os satélites já tinham descoberto positrões – os parceiros de …

Continue a ler »

Jul 04

Mistério da antimatéria no Tevatron ganha peso

O Modelo Standard do Big Bang diz que quantidades iguais de matéria e antimatéria foram formadas no início do Universo. No entanto, em 2010 investigadores da experiência DZero no Fermilab, anunciaram ter resultados preliminares que mostravam um pequeno aumento de matéria em relação à antimatéria na colisão de partículas no Tevatron (ver aqui), o que …

Continue a ler »

Mai 05

Antihidrogénio em 1000 segundos

Lembram-se dos átomos de hidrogénio (H)? Em resumo, os átomos de hidrogénio são essencialmente constituídos por um protão e um electrão. O hidrogénio é o elemento mais abundante do Universo e 74% da massa do nosso Sol é hidrogénio. Átomos constituídos por partículas e antipartículas tem um período de vida muito curto, normalmente o tempo …

Continue a ler »

Abr 13

Antigravidade

Dawn of time

Em 1998, cientistas descobriram que o Universo está em expansão a uma taxa acelerada. Atualmente, a explicação mais aceite para essa observação é a presença de uma energia escura não identificada, apesar de outras possibilidades terem sido propostas. Uma destas alternativas é que algum tipo de gravidade repulsiva – ou antigravidade – que está a …

Continue a ler »