Google+

Arquivo de Tags: ESA

Mar 01

NGC 5907 X-1: XMM-Newton da ESA estuda o pulsar mais luminoso e distante conhecido

O XMM-Newton da ESA revelou dados de um pulsar mil vezes mais luminoso do que se pensava ser possível. O pulsar NGC 5907 X-1 é também o mais distante do seu tipo já detectado, pois sua radiação viajou 50 milhões de anos-luz até ser detectada pelo XMM-Newton. Os pulsares são estrelas de nêutrons magnetizadas que giram …

Continue a ler »

Jul 22

NGC 1309: uma Galáxia Espiral “Grand Design”

http://apod.nasa.gov/apod/image/1607/NGC1309Jeff_full.jpg

NGC 1309 é uma galáxia espiral belíssima que reside a cerca de 100 milhões de anos luz de nós. NGC 1309 está situada nas margens do ‘Rio’ cósmico, a constelação de Erídanus NGC 1309 se estende por cerca de 30.000 anos luz, com cerca de um terço do tamanho da nossa galáxia Via Láctea. Aglomerados …

Continue a ler »

Jul 12

Sismologia do Sol e das estrelas distantes discutida nos Açores

A partir de hoje, e durante 5 dias, Angra do Heroísmo (Terceira, Açores) recebe os maiores especialistas mundiais na área da asterossismologia, durante a conferência Seismology of the Sun and the Distant Stars 2016. A conferência será seguida, no dia 17 de julho, pela escola internacional avançada em ciências do espaço Asteroseismology and Exoplanets: Listening …

Continue a ler »

Mai 21

Vídeo mostra importante teste do mecanismo de elevação dos 18 espelhos montados do telescópio JWST

http://www.nasa.gov/image-feature/james-webb-space-telescopes-golden-mirror

Aí vem o James Webb Space Telescope (JWST) ! O JWST promete ser o mais poderoso telescópio espacial de todos os tempos. Em abril de 2016 seu espelho de ouro composto de 18 segmentos foi revelado. Nessa sequência (‘time-lapse’) capturada na primeira semana de maio de 2016 a equipa de engenheiros do GSFC (Centro Espacial Goddard) mostra como o espelho …

Continue a ler »

Abr 17

A Corona Solar e um Eclipse Total combinados vistos da Terra e do observatório espacial SOHO

Em geral, um eclipse total é uma ótima oportunidade para se estudar o Sol. Aproveitando a vantagem da rara justaposição da Terra, Lua e o Sol, a imagem em destaque exibe o eclipse total solar que ocorreu em março de 2016 da forma que apareceu, quase simultaneamente, tanto a partir da Terra quanto do Espaço. A parte interna da …

Continue a ler »

Abr 11

Auroras e a magnetosfera de Júpiter

Júpiter tem magníficas auroras Como acontece na Terra, o campo magnético do maior planeta do Sistema Solar se comprime quando impactado por uma rajada de partículas eletricamente carregadas provenientes do Sol. Essa compressão magnética afunila as partículas carregadas na direção dos polos de Júpiter colidindo com a atmosfera joviana. Lá os elétrons são temporariamente excitados ou expulsos das moléculas …

Continue a ler »

Mar 31

Anunciados os resultados do Desafio CHEOPS

A Agência Espacial Europeia (ESA) lançará para o espaço em 2018 o telescópio espacial CHEOPS. Esta será a maior participação técnica e científica de Portugal numa missão espacial do programa científico da ESA, que tem como parceiros nacionais o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) e a Deimos Engenharia. Como o satélite tem …

Continue a ler »

Fev 19

A região de formação estelar Sharpless 2-106 capturada pelo Hubble e processada por Brandon Pimenta

A obscurecida estrela massiva IRS 4 começa a espalhar seus ventos. IRS 4 se formou a ‘apenas’ 100.000 anos e o material ejetado pela estrela recém-nascida formatou a nebulosa Sharpless 2-106 (S106), retratada na imagem. Um largo disco de poeira e gás orbita a IRS 4 (Infrared Source 4), disco este visível em tons de marrom, perto do centro da imagem. …

Continue a ler »

Fev 16

Palestra “Exploração Espacial: Do Sistema Solar aos Exoplanetas” | Palestra com Pedro Mota Machado (IA/ESA)

No próximo serão do dia 19 de fevereiro, entre as 20h30 e as 22h30, o OASA irá contar com a presença do Astrofísico açoriano Pedro Mota Machado do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (iA), e colaborador da Agência Espacial Europeia (ESA), que irá desenvolver uma apresentação sobre exploração espacial. Após a apresentação, e …

Continue a ler »

Jan 29

O violento aglomerado estelar R136 nas Nuvens de Magalhães

http://apod.nasa.gov/apod/ap160124.html

No centro da região de formação estelar 30 Doradus reside um enorme aglomerado que contém algumas das mais massivas e luminosas estrelas conhecidas. Essas estrelas, que fazem parte do conhecido aglomerado estelar R136, foram capturadas na imagem em destaque em luz visível pela câmera WFC3 (Wide Field Camera 3 ) do Hubble, em 2009.

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items

AstroPT – Informação e Educação Científica is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache