Google+

Arquivo de Tags: ESO

Jun 20

6 Hebe não é afinal mãe de meteoritos

A região entre Marte e Júpiter encontra-se repleta de mundos rochosos chamados asteróides. Estima-se que esta cintura de asteróides contenha milhões de pequenos corpos rochosos, sendo que cerca de 1,1 a 1,9 milhões destes objetos têm dimensões superiores a um quilómetro. Pequenos fragmentos destes corpos caem frequentemente na Terra sob a forma de meteoritos. Curiosamente, …

Continue a ler »

Jun 17

VST captura três em um

Dois dos residentes mais famosos do céu partilham as luzes da ribalta com um vizinho menos conhecido, nesta enorme imagem de 3 mil milhões de pixels obtida pelo Telescópio de Rastreio do VLT do ESO (VST). À direita vemos a ténue nuvem de gás brilhante conhecida por Sharpless 2-54, no centro temos a icónica Nebulosa …

Continue a ler »

Jun 13

A verdadeira forma do Boomerang

Esta Fotografia da Semana mostra a Nebulosa do Boomerang, uma nebulosa protoplanetária, observada pelo Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA). A estrutura de fundo a violeta, obtida no óptico pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, mostra uma forma clássica de lóbulo duplo com uma região central muito estreita. A capacidade do ALMA em observar o gás …

Continue a ler »

Jun 08

ALMA descobre ingrediente da vida em torno de estrelas bebés do tipo solar

O ALMA observou estrelas como o Sol numa fase muito inicial da sua formação e descobriu traços de isocianato de metilo — um bloco constituinte de vida. Esta é a primeira vez que se detecta esta molécula prebiótica em protoestrelas do tipo solar, isto é estrelas do tipo da protoestrela que deu origem ao Sol …

Continue a ler »

Jun 06

Colonos em La Silla

Apesar de atualmente ser bastante comum ver astrónomos no deserto chileno do Atacama, estes não são de modo nenhum os primeiros a chamar casa a esta região. Apesar do deserto ser agora bastante seco e inóspito, houve uma altura em que a chuva era abundante e a flora era mais diversa. Esta região acolheu várias …

Continue a ler »

Mai 30

De guarda ao coração galáctico

Tal como se de sentinelas se tratassem, o telescópio de 3,6 metros do ESO e o Telescópio Auxiliar Coudé parecem encontrar-se de guarda ao centro galáctico nesta fotografia em ultra HD do Observatório de La Silla, situado na periferia sul do deserto chileno do Atacama. Desde a sua inauguração em 1976, o telescópio de 3,6 …

Continue a ler »

Mai 25

ALMA explora disco de restos de Fomalhaut

Fomalhaut é uma das estrelas mais brilhantes do céu. A cerca de 25 anos-luz de distância, esta estrela encontra-se muito perto de nós, podendo ser observada a brilhar intensamente na constelação do Peixe Austral. Esta imagem obtida pelo Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) mostra a Fomalhaut (ao centro) circundada por um anel de restos poeirentos …

Continue a ler »

Mai 18

Alimentando uma estrela bebé com um hamburger poeirento

Esta imagem curiosa pode parecer uma coleção de nós coloridos, mas na realidade trata-se de uma imagem de alta resolução de uma estrela recém nascida envolvida em poeira. Situada a apenas 1300 anos-luz de distância, na constelação de Orion, a estrela HH212 é muito jovem. A vida média de uma estrela de pequena massa como …

Continue a ler »

Mai 08

Verde e Azul

Na paisagem inóspita do Atacama, as antenas do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) parecem do outro mundo, banhadas por uma luz neon verde. Esta luz é na realidade uma característica própria do ALMA, não tendo nada a ver com alguma evidência de atividade alienígena! A rede de antenas possui uma luz verde que pisca periodicamente …

Continue a ler »

Mai 06

VISTA espreita através do véu de poeira da Pequena Nuvem de Magalhães

A Pequena Nuvem de Magalhães é uma galáxia proeminente que pode ser vista a olho nu no céu austral. No entanto, os telescópios que operam no visível não conseguem obter uma visão clara desta galáxia, devido às nuvens de poeira interestelar que a obscurecem. As capacidades infravermelhas do VISTA permitiram aos astrónomos observar a miríade …

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items